Busca avançada
Ano de início
Entree

Obtenção, caracterização e modificação química de nanofibras de origem renovável para sua utilização como reforço de resinas poliolefínicas

Processo: 08/03606-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa BIOEN - PITE
Vigência: 01 de novembro de 2010 - 31 de outubro de 2014
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Convênio/Acordo: BRASKEM
Pesquisador responsável:Luiz Henrique Capparelli Mattoso
Beneficiário:Luiz Henrique Capparelli Mattoso
Instituição-sede: Embrapa Instrumentação Agropecuária. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA). Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Brasil). São Carlos, SP, Brasil
Empresa: Braskem S/A
Pesq. associados:Cauê Ribeiro de Oliveira ; José Manoel Marconcini
Assunto(s):Materiais compósitos poliméricos  Nanocompósitos  Celulose  Materiais nanoestruturados 

Resumo

Os recentes estudos sobre nanocompósitos têm demonstrado a possibilidade de obter em polímeros commodities propriedades similares às dos polímeros de engenharia, com baixos teores de carga adicionados. Uma nanoestrutura de grande interesse para a formulação de nanocompósitos é a celulose na sua forma nanocristalina, comumente relatada como nanofibra ou whisker de celulose. A estrutura da nanofibra de celulose é altamente cristalina, maximizando as suas propriedades como reforço; e os tamanhos obtidos podem atingir as áreas de interface das argilas com a vantagem da estrutura orgânica da celulose. Por fim, a origem renovável da nanocarga é um diferencial importante, principalmente em países com alta disponibilidade de biomassa lignocelulósica - que é o caso do Brasil. Assim, este trabalho tem como foco investigar a obtenção de nanofibras de celulose de diferentes fontes vegetais e sua incorporação em matrizes poliolefínicas, a fim de identificar fontes adequadas em termos de propriedades e produtividade, e seus ganhos efetivos em relação a microfibras. Este esforço de pesquisa se faz no intuito de fomentar a produção racional de fontes de celulose para uso na indústria de materiais poliméricos, buscando tanto a valoração de subprodutos de outras vertentes do agronegócio - bagaço de cana, resíduo de casca de coco, etc. - como o desenvolvimento de variedades especificas de algodão coloridas, dentre outros, contribuindo fortemente para a consolidação de alternativas comerciais para a produção rural. A Embrapa já vem estudando a extração de nanofibras de várias destas plantas para outras aplicações, cujos estudos e esforços podem ser otimizados para o desenvolvimento desta presente proposta. Estes esforços contemplam entre os "Temas relevantes para esta Chamada de Propostas de Pesquisa", descritos na Chamada de Propostas de Pesquisa os itens b.15 "Modificação química de nanofibras de origem renovável para sua utilização como reforço de resinas poliolefínicas" e b.17 "Cargas ou nanocargas obtidos a partir de resíduos agrícolas". (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CORREA, ANA CAROLINA; TEIXEIRA, ELIANGELA DE MORAIS; CARMONA, VITOR BRAIT; RICARDO TEODORO, KELCILENE BRUNA; RIBEIRO, CAUE; CAPPARELLI MATTOSO, LUIZ HENRIQUE; MARCONCINI, JOSE MANOEL. Obtaining nanocomposites of polyamide 6 and cellulose whiskers via extrusion and injection molding. Cellulose, v. 21, n. 1, p. 311-322, FEB 2014. Citações Web of Science: 31.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.