Busca avançada
Ano de início
Entree

Síndrome do Eutireoidiano doente em portadores de Diabetes mellitus: padrão laboratorial e relação com controle glicêmico, complicações e atividade inflamatória

Processo: 10/08854-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2010 - 31 de julho de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Denise Engelbrecht Zantut Wittmann
Beneficiário:Denise Engelbrecht Zantut Wittmann
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Pesq. associados:Arnaldo Moura Neto ; Marcos Antonio Tambascia ; Sarah Monte Alegre
Assunto(s):Endocrinologia  Síndromes do eutireóideo doente  Diabetes mellitus 

Resumo

A síndrome do eutireoidiano doente (SED) é uma entidade caracterizada pela queda dos níveis sanguíneos de triiodotironina nas formas total e livre (T3 e T3L) e aumento da forma reversa (rT3), com manutenção da tireotrofina (TSH) dentro dos limites da normalidade. Maior gravidade da doença de base pode levar a diminuição da tiroxina sérica (T4). Ocorre principalmente em pacientes portadores de doenças agudas graves, particularmente dentre aqueles internados em unidade de terapia intensiva. A fisiopatologia envolve a diminuição da conversão periférica de T4 a T3 pelo bloqueio da desiodinase tipo 1, aumento da inativação de T4 a rT3 pela desiodinase tipo 3, conseqüente diminuição dos níveis séricos de T3 e aumento de rT3. A ativação da deiodinase tipo 2 no sistema nervoso central é responsável por manter o hipotálamo em situação fisiologicamente eutireoidiana, evitando assim a elevação do TSH. Muito se tem estudado sobre esta síndrome em pacientes com doenças graves, mas não somente as de caráter agudo. Foi estabelecida importante correlação entre pior prognóstico e níveis plasmáticos de T4 baixos. Mais recentemente, descreveu-se esta síndrome em portadores de doenças crônicas sob cuidado ambulatorial, inclusive Diabetes Mellitus (DM), particularmente sob controle glicêmico inadequado. Contudo, faltam estudos prospectivos associando o controle metabólico do DM e presença de suas complicações (nefropatia, neuropatia e retinopatia) com a gravidade e evolução da SED, bem como seu perfil hormonal tireoidiano. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
NETO, ARNALDO MOURA; RIBEIRO PARISI, MARIA CANDIDA; ALEGRE, SARAH MONTE; PAVIN, ELIZABETH JOAO; TAMBASCIA, MARCOS ANTONIO; ZANTUT-WITTMANN, DENISE ENGELBRECHT. Relation of thyroid hormone abnormalities with subclinical inflammatory activity in patients with type 1 and type 2 diabetes mellitus. ENDOCRINE, v. 51, n. 1, p. 63-71, JAN 2016. Citações Web of Science: 9.
MOURA NETO, A.; PARISI, M. C. R.; TAMBASCIA, M. A.; PAVIN, E. J.; ALEGRE, S. M.; ZANTUT-WITTMANN, D. E. Relationship of thyroid hormone levels and cardiovascular events in patients with type 2 diabetes. ENDOCRINE, v. 45, n. 1, p. 84-91, FEB 2014. Citações Web of Science: 11.
MOURA NETO, ARNALDO; RIBEIRO PARISI, MARIA CANDIDA; TAMBASCIA, MARCOS ANTONIO; ALEGRE, SARAH MONTE; PAVIN, ELIZABETH JOAO; ZANTUT-WITTMANN, DENISE ENGELBRECHT. The influence of body mass index and low-grade systemic inflammation on thyroid hormone abnormalities in patients with type 2 diabetes. ENDOCRINE JOURNAL, v. 60, n. 7, p. 877-884, JUL 2013. Citações Web of Science: 9.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
WITTMANN, Denise Engelbrecht Zantut. Relação entre anormalidades nas concentrações séricas de hormônios tireoidianos e atividade inflamatória subclínica em pacientes com diabetes mellitus tipo 1 e tipo 2. 2016. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.