Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigando as variações interanuais da salinidade no Atlântico Sul (VARSALAS)

Processo: 10/15511-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2011 - 31 de julho de 2013
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Oceanografia - Oceanografia Física
Pesquisador responsável:Olga Tiemi Sato
Beneficiário:Olga Tiemi Sato
Instituição-sede: Instituto Oceanográfico (IO). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Paulo Simionatto Polito
Assunto(s):Salinidade do mar  Termodinâmica  Satélites 

Resumo

A salinidade é uma variável da equação do estado da água do mar que tem um papel importante na dinâmica e termodinâmica dos processos oceânicos. Ela influi diretamente na circulação termohalina, é um indicador sensível do ciclo hidrológico global, e através de sua conexão com o calor latente, está intimamente ligada ao balanço de calor através da interface oceano-atmosfera, via evaporação e precipitação. Variações de escala interanual a decadal na salinidade podem estar relacionadas com mudanc'as que se refletirão no clima global. Um dos objetivos deste projeto é determinar uma climatologia e melhorar o conhecimento dos padrões de variabilidade temporal e espacial da salinidade de superfície e de sub-superfície no oceano Atlântico Sudoeste. A hipótese científica do trabalho é que as flutuações e tendências observadas na salinidade nessa região são dominadas por mudanças no interior do oceano incluindo a formação de água modal. Nesse contexto, as variações de superfície ligadas ao ciclo hidrológico teriam um papel secundário. Desta forma, é necessária a agregação de um maior número de perfis oceanográficos para se obter uma descrição completa do interior do oceano, seja ela feita através de dados in situ pretéritos, Argo, modelos de reanálise (GODAS) e climatológico (World Ocean Database 2009). Por se tratar de feições de características bem definidas e por ocuparem um volume considerável, a presença das águas modais deve resultar em uma variação significante na densidade integrada na coluna d'água, calor armazenado e no fluxo de calor no oceano. Dessa forma, será desenvolvido um método para detecção da assinatura dessa massa água na superfície para que possa ser detectada através de dados de satélites. Investigaremos a relação da salinidade com a temperatura, o calor latente, a precipitação e o calor armazenado através de uma combinação de dados de satélites (TOPEX/Poseidon, Jason-1/2, TRMM, SSM/I e AMSR-E). (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SATO, O. T.; POLITO, P. S. Observation of South Atlantic subtropical mode waters with Argo profiling float data. JOURNAL OF GEOPHYSICAL RESEARCH-OCEANS, v. 119, n. 5, p. 2860-2881, MAY 2014. Citações Web of Science: 14.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.