Busca avançada
Ano de início
Entree

Pesquisa de sensibilidade aos antimicrobianos em cepas de E. coli isoladas de aves de vida livre capturadas na costa Sudeste brasileira, com especial interesse na pesquisa de genes de resistência à tetraciclina

Processo: 10/51943-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2010 - 31 de maio de 2013
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária
Pesquisador responsável:Vania Maria de Carvalho
Beneficiário:Vania Maria de Carvalho
Instituição-sede: Instituto de Ciências da Saúde (ICS). Universidade Paulista (UNIP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Doenças das aves  Aves silvestres  Escherichia coli  Antibióticos  Resistência microbiana a medicamentos  Tetraciclina 

Resumo

A disseminação de bactérias com genes de resistência aos antibióticos é um sério problema de Saúde Pública e Animal. O abuso no uso de drogas antibióticas envolve animais de criação e o homem, impondo um impacto ambiental e, como consequência, o comprometimento de animais selvagens. As aves silvestres, especialmente as migratórias, são importantes carreadores de bactérias resistentes, pois estas entram em contato com diversas outras espécies, alimentos e ecossistemas, podendo fornecer de maneira indireta, uma estimativa da condição de saúde ambiental. Escherichia coli é a principal enterobactéria presente no conteúdo intestinal e tem sido utilizada como indicador de prevalência de resistência à antibióticos em populações animais e/ou espaços geográficos. Em estudo preliminar realizado pelo nosso gaipo observou-se que cepas de E. coli, isoladas de fragatas capturadas em diferentes sítios naturais, apresentaram resistência a antimicrobianos, especialmente à tetraciclina, uma das classes mais utilizadas na medicina veterinária. Este projeto tem como objetivo a pesquisa da susceptibilidade/resistência aos agentes antimicrobianos, de cepas de E. coli isoladas de espécies de aves de vida livre, sadias, capturadas em diferentes sítios da costa sudeste brasileira, bem como a determinação do perfil de distribuição dos genes de resistência à tetraciclina nas cepas estudadas. Swabs de cloaca e coana de diferentes espécies de aves serão semeados em Agar MacConkey e os isolados serão identificados através de testes bioquímicos (EPM, MILi, Citrato). O teste de sensibilidade aos antimicrobianos será realizado com as cepas identificadas como E. coli, através do método de difusão em placa segundo padrões internacionais. A técnica de PCR para amplificação dos genes tet (A), tet (B), tet (C), tet (D), tet (E) e tet (M) será empregada utilizando-se o DNA extraído de todas as cepas resistentes ou com resistência intermediária à tetraciclina. A classificação filogenética dos isolados será realizada através de PCR para os genes chuA e yjaA e para o fragmento TspE4.C2 As análises estatísticas serão realizadas levando-se em consideração os sítios de colheita, as espécies amostradas, os antibióticos testados, os genes de resistência à tetraciclina detectados e os grupos filogenéticos. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SAVIOLLI, JULIANA YURI; VIEIRA CUNHA, MARCOS PAULO; LOPES GUERRA, MARIA FLAVIA; IRINO, KINUE; CATAO-DIAS, JOSE LUIZ; DE CARVALHO, VANIA MARIA. Free-Ranging Frigates (Fregata magnificens) of the Southeast Coast of Brazil Harbor Extraintestinal Pathogenic Escherichia coli Resistant to Antimicrobials. PLoS One, v. 11, n. 2 FEB 4 2016. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.