Busca avançada
Ano de início
Entree

Indução de aneurisma em aorta abdominal de porcos - um modelo endovascular

Processo: 10/07307-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2010 - 30 de novembro de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Cirurgia
Pesquisador responsável:Erasmo Simão da Silva
Beneficiário:Erasmo Simão da Silva
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Alex Lederman ; Igor Rafael Sincos ; Ricardo Aun
Assunto(s):Doenças vasculares 

Resumo

O aneurisma da aorta abdominal é a 10a causa de óbitos nos Estados Unidos e vem aumentando cada vez mais sua incidência na população. Este fato se deve tanto ao aumento da expectativa de vida da população como também ao aumento nos diagnósticos realizados. A alta morbi-mortalidade associada à ruptura e ao seu tratamento torna os aneurismas um grande desafio para os médicos e um enorme risco para os pacientes. Para que se possa se compreender, estudar e testar novos métodos terapêuticos e diagnósticos necessitamos de um modelo animal reprodutível. Até o presente momento, todos os modelos experimentais apresentam falhas que não representam adequadamente a evolução natural desta patologia. Ainda, a grande maioria foi realizada em animais de pequeno porte. O objetivo deste estudo é desenvolver um modelo experimental de indução de aneurisma na porção infrarrenal da aorta de porcos, a partir de uma abordagem por via endovascular. Materiais e métodos: 18 porcos da raça Large White serão divididos em três grupos de 6 animais cada. O grupo controle será exposto a solução de cloreto de sódio 0.9% (Soro Fisiológico), o grupo 1 será exposto a Cloreto de cálcio 5 molar, e o grupo 2 a elastase. Todos os animais serão submetidos à mesma técnica cirúrgica, sob anestesia geral; e seguidos por exames ultrassonográficos com Doppler semanalmente, por um período de 4 semanas. Após este período, os animais serão anestesiados, submetidos a exames de imagens (ultrassonografia Doppler colorido e aortografia) e sacrificados com a coleta da aorta para estudo anatomopatológico e biomecânico. Conforme já demonstrado em animais de pequeno porte, acreditamos que a exposição da aorta aos agentes químicos desencadeará o desenvolvimento do aneurisma no segmento exposto. A abordagem por via endovascular permitirá um modelo sem a abordagem por via transperitoneal e sem a fibrose decorrente desta técnica. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LEDERMAN, ALEX; SALITURE NETO, FERNANDO TAVARES; FERREIRA, RIMARCS; POLI DE FIGUEIREDO, LUIS FRANCISCO; OTOCH, JOSE PINHATA; AUN, RICARDO; DA SILVA, ERASMO SIMAO. Endovascular model of abdominal aortic aneurysm induction in swine. VASCULAR MEDICINE, v. 19, n. 3, p. 167-174, JUN 2014. Citações Web of Science: 5.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.