Busca avançada
Ano de início
Entree

Comparação do padrão da expressão gênica global de embriões Bos taurus indicus e Bos taurus taurus produzidos in vitro

Resumo

Os embriões advindos de sistemas de produção in vitro (PIV) são mais sensíveis a criopreservação do que embriões produzidos in vivo, resultando em taxas de concepção menores após a inovulação. Tal fato parece estar relacionado com o maior conteúdo lipídico encontrado nos embriões PIV. Além disto, as condições do sistema de cultivo e a origem dos embriões (Bos taurus indicus x Bos taurus taurus) é um fator determinante da qualidade e criotolerância embrionária. Portanto, o objetivo desta proposta é: Experimento I - a análise do efeito da subespécie (Bos taurus indicus e Bos taurus taurus) e da condição embrionária (frescos e vitrificados) sobre a expressão gênica global através da técnica de microarray genômico; e Experijmento II - avaliar o efeito da subespécie (Bos taurus indicus e Bos taurus taurus) e dos diferentes sistemas de cultivo (SOFaa sem SFB, SOFaa + 2,5% SFB, SOFaa + 2,5% SFB + 0,3µM PES, e SOFaa + 10% SFB) sobre o desenvolvimento embrionário, acúmulo lipídico, criotolerância e sobre o padrão da expressão relativa dos genes candidatos diferentemente expressos baseado na análise dos dados do microarray genômico. Experiemnto I: Oócitos de vacas Bos taurus indicus (Nelore) e Bos taurus taurus (Simental) serão obtidos através da aspiração folicular guiada por ultrassonografia e submetidos a maturação in vitro (MIV). A fertilização in vitro (FIV) ocorrerá em meio HTF-FIV com o sêmen de touros Nelore ou Simental, respectivamente. Decorrido a FIV, os possíveis zigotos serão cultivados no meio de cultivo SOFaa 2,5% de SFB em atmosfera com 5% de CO2, 5% de O2 e 90% N2 a 38,5ºC. Sete dias após a FIV (D7), a produção de blastocistos será avaliada e metade dos blastocistos serão vitrificados para posterior aquecimento, re-cultivo e análise da expressão gênica global no microarray genômico. O restante dos embriões retornarão para o cultivo até o D8 onde serão submetidos ao microarray genômico. Experimento II: A obtenção dos ocócitos, MIV, FIV seguirá a mesma metodologia do experimento I. O cultivo embrionário será realizado em SOFaa com 0%, 2,5% ou 10% de SFB (de acordo com os grupos experimentais). Após 96 horas será adicionado 0,3µM de PES no meio de cultivo de metade dos embriões cultivados até o momento em SOFaa com 2,5% SFB. Sete dias após a FIV (D7), a produção de blastocistos será avaliada e metade dos embriões serão vitrificados, para posterior aquecimento, re-cultivo, avaliação da re-expansão da blastocele e eclosão. A outra metade dos embriões voltarão para o cultivo e no D8 serão armazenados para extração de RNAm e realização da PCR em tempo real. Além disso, uma amostra de blastocistos expandidos de cada grupo será coletada aleatoriamente para quantificação lipídica através da técnica de MALDI-TOF MS. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SUDANO, MATEUS JOSE; PASCHOAL, DANIELA MARTINS; DA SILVA RASCADO, TATIANA; CROCOMO, LETICIA FERRARI; ONA MAGALHAES, LUIS CARLOS; MARTINS JUNIOR, ALICIO; MACHADO, RUI; DA CRUZ LANDIM-ALVARENGA, FERNANDA. Crucial surviving aspects for vitrified in vitro-produced bovine embryos. ZYGOTE, v. 22, n. 2, p. 124-131, MAY 2014. Citações Web of Science: 9.
SUDANO, MATEUS J.; CAIXETA, ESTER S.; PASCHOAL, DANIELA M.; MARTINS, JR., ALICIO; MACHADO, RUI; BURATINI, JOSE; LANDIM-ALVARENGA, FERNANDA D. C. Cryotolerance and global gene-expression patterns of Bos taurus indicus and Bos taurus taurus in vitro- and in vivo-produced blastocysts. REPRODUCTION FERTILITY AND DEVELOPMENT, v. 26, n. 8, p. 1129-1141, 2014. Citações Web of Science: 10.
SUDANO, MATEUS J.; SANTOS, VANESSA G.; TATA, ALESSANDRA; FERREIRA, CHRISTINA R.; PASCHOAL, DANIELA M.; MACHADO, RUI; BURATINI, JOSE; EBERLIN, MARCOS N.; LANDIM-ALVARENGA, FERNANDA D. C. Phosphatidylcholine and Sphingomyelin Profiles Vary in Bos taurus indicus and Bos taurus taurus In Vitro- and In Vivo-Produced Blastocysts. BIOLOGY OF REPRODUCTION, v. 87, n. 6 DEC 2012. Citações Web of Science: 56.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.