Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da qualidade dos sedimentos de uma Sub-bacia do Baixo Tietê (SP)

Processo: 10/51225-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2010 - 31 de janeiro de 2013
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Recursos Hídricos
Pesquisador responsável:Frederico Fábio Mauad
Beneficiário:Frederico Fábio Mauad
Instituição-sede: Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Sedimentologia  Deposição de sedimentos 

Resumo

As atividades humanas exercem tamanha influência nos processos erosivos que a taxa de erosão pode ser 100 vezes maior do que seria considerando apenas aspectos geológicos. A produção de sedimentos reduz a fertilidade e produtividade do solo, contribui para o assoreamento de corpos d'água e pode causar a eutrofização do ambiente aquático devido ao acúmulo de nutrientes. O conhecimento dos processos de transporte, deposição e suspensão de sedimentos é de vital importância para a conservação, desenvolvimento e manejo dos recursos hídricos. Este projeto de pesquisa tem por objetivo caracterizar físico-quimicamente os sedimentos da sub-bacia do Ribeirão das Cruzes, afluente da margem direita do Reservatório de Três Irmãos, na Unidade de Gerenciamento de Recursos Hídricos do Baixo Tietê (UGRHI - 19). Os testemunhos de sedimentos serão coletados no leito do rio por meio de dragas manuais e em diferentes profundidades por câmaras de sedimentação. Estas coletas serão realizadas em dois momentos: um durante o período de chuvas e outro no de seca. Serão realizadas caracterizações físicas gerais dos sedimentos, como análise granulométrica, peso específico, dentre outros índices. Ainda, serão analisadas a capacidade de troca de cations, a concentração de nitrato, nitrito, fosfato dissolvido total, silicatos reativos e matéria orgânica e inorgânica. Espera-se com este projeto, desenvolver um modelo de dispersão de nutrientes pela sub-bacia e avaliar a contribuição quali-quantitativa do uso e ocupação do solo nos processos de sedimentação. (AU)