Busca avançada
Ano de início
Entree

Obtenção de substâncias fitotóxicas de espécies vegetais presentes em solos minerais da Mina do Sossego - PA com ação fitoremediadoras e controle ambiental

Processo: 10/51313-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Parceria para Inovação Tecnológica - PITE
Vigência: 01 de setembro de 2012 - 31 de agosto de 2016
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Convênio/Acordo: Vale-FAPEMIG-FAPESPA
Pesquisador responsável:Thiago André Moura Veiga
Beneficiário:Thiago André Moura Veiga
Instituição-sede: Instituto de Ciências Ambientais, Químicas e Farmacêuticas (ICAQF). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Diadema. Diadema , SP, Brasil
Empresa: Vale S/A
Município: Diadema
Bolsa(s) vinculada(s):14/21970-0 - Química de plantas da região da Mina do Sossego/PA, BP.IC
14/20339-5 - Perfil químico e fitotóxico das raízes de plantas presentes na Mina do Sossego-PA, BP.IC
13/21474-0 - Análise de substâncias fitotóxicas em busca de novos herbicidas, BP.TT
+ mais bolsas vinculadas 13/11273-8 - Química de plantas da região da Mina do Sossego - PA, BP.IC
13/03663-0 - Perfil químico e fitotóxico das raízes de plantas presentes na mina do Sossego - PA, BP.IC
13/01933-0 - Desenvolvimento e aplicação de metodologias para a descoberta de novos herbicidas, BP.TT
13/00422-2 - Análise de substâncias fitotóxicas em busca de novos herbicidas, BP.TT - menos bolsas vinculadas
Assunto(s):Produtos naturais  Fitotoxicidade  Fotossíntese  Herbicidas 

Resumo

Os produtos naturais, quando empregados como herbicidas, destroem o tecido vegetal através da ação de contato, apresentando ação rápida e em alguns casos, requerem menos de meia hora para que a planta alvo se tome vulnerável a estes compostos. O uso de produtos naturais como protótipos para descoberta de herbicidas é uma área que está sendo explorada lentamente, talvez pela pequena quantidade de pesquisadores na área, falta de trabalhos em biotecnologia de produção de herbicidas naturais, ou mesmo falta de ensaios que permitam conhecer o mecanismo de ação dos metabólitos. Nessa proposta, estudar-se-á o potencial fitotóxico de plantas (raízes) e fungos endofíticos obtidos em áreas de mineração com o intuito de aplicá-los na ampliação da biodiversidade que irá auxiliar a remoção de metais do solo e tornar o ambiente mais adequado para a germinação de espécies importantes na fitoremediação. Pretende-se também obter herbicidas naturais que poderão ser patenteados e com possibilidade de abrir novas perspectivas de negócios. Alguns relatos mostram que metais presentes no solo podem alterar o metabolismo dos vegetais, aumentando ou diminuindo o potencial fitotóxico de exsudados radiculares, devendo este aspecto ser alvo de estudo. As substâncias isoladas serão submetidas a uma série de reações enzimáticas que esclarecerão seu (s) mecanismo (s) de ação frente à fotossíntese em cloroplastos de espinafre e aquelas com potenciais herbicidas para serem aplicadas em campo deverão sofrer modificações estruturais e/ou formulações para sua utilização. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE CARVALHO, ANA C.; GIROLA, NATALIA; DE FIGUEIREDO, CARLOS R.; MACHADO, ANDRE C.; DE MEDEIROS, LIVIA S.; GUADAGNIN, RAFAEL C.; CASELI, LUCIANO; VEIGA, THIAGO A. M. Understanding the cytotoxic effects of new isovanillin derivatives through phospholipid Langmuir monolayers. BIOORGANIC CHEMISTRY, v. 83, p. 205-213, MAR 2019. Citações Web of Science: 0.
CARVALHO, ANA C.; LIRA, JOAO C. S.; PEREIRA, THAIS M.; SILVA, SEBASTIAO C.; SIMOTE-SILVA, SIMONE Y.; OLIVEIRA, FERNANDO K. D.; KING-DIAZ, BEATRIZ; LOTINA-HENNSEN, BLAS; VEIGA, THIAGO A. M. Natural products from Pluchea sagittalis act as inhibitors of photosynthesis in vitro. NATURAL PRODUCT RESEARCH, v. 33, n. 4, p. 557-562, FEB 16 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.