Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo experimental e computacional de sprays turbulentos de etanol para aplicações em motores de combustão interna

Processo: 10/51310-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa BIOEN - PITE
Vigência: 01 de março de 2012 - 28 de fevereiro de 2015
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Mecânica - Engenharia Térmica
Convênio/Acordo: Vale-FAPEMIG-FAPESPA
Pesquisador responsável:Guenther Carlos Krieger Filho
Beneficiário:Guenther Carlos Krieger Filho
Instituição-sede: Escola Politécnica (EP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Empresa:Universidade de São Paulo (USP). Escola Politécnica (EP)
Município: São Paulo
Bolsa(s) vinculada(s):13/03154-9 - Caracterização da chama de spray de etanol em uma câmara de combustão de fluxo contínuo, BP.MS
Assunto(s):Turbulência  Motores de combustão interna 

Resumo

A utilização de etanol como combustível renovável se torna cada vez mais importante no cenário energético nacional. Neste estudo almeja-se a caracterização experimental, com técnicas avançadas de diagnostico, e a simulação computacional de dinâmica dos fluídos (CFD) de sprays turbulentos de etanol em geométricas típicas de câmaras de combustão para motores de grande porte (até 500kW). Estes motores podem ser utilizados como grupos geradores de energia elétrica ou para transporte pesado. Em particular, serão analisadas possibilidades de injeção direta na câmara de combustão, pois esta é uma das técnicas mais promissoras em relação a motores. No presente projeto de pesquisa propõe-se estudar os processos de combustão de sprays de etanol por meio de técnicas experimentais com sistemas óticos a laser. Estas técnicas permitem a visualização e medição de grandezas importantes como: distribuição de tamanho de gotas, comprimento do spray, interação do spray com o ar e com as paredes da câmara. É também objetivo do presente projeto a modelagem do processo de combustão turbulenta de sprays de etanol utilizando-se técnicas de dinâmicas dos fluídos tanto para regime estacionário quanto transitório. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio:
Economia de álcool 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.