Busca avançada
Ano de início
Entree

Uso racional de biocombustíveis em motogeradores

Processo: 10/51315-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Parceria para Inovação Tecnológica - PITE
Vigência: 01 de maio de 2012 - 30 de abril de 2016
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Mecânica - Engenharia Térmica
Convênio/Acordo: Vale-FAPEMIG-FAPESPA
Pesquisador responsável:Pedro Teixeira Lacava
Beneficiário:Pedro Teixeira Lacava
Instituição-sede: Divisão de Engenharia Aeronáutica (IEA). Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). Ministério da Defesa (Brasil). São José dos Campos , SP, Brasil
Empresa: Vale S/A
Município: São José dos Campos
Assunto(s):Biocombustíveis  Combustão  Motores de combustão interna  Biodiesel  Biogás 

Resumo

A utilização racional de biocombustíveis em motores de combustão interna, ou seja, o melhor aproveitamento energético conciliando a capacidade de realizar trabalho da máquina com o consumo de combustível e com as emissões de poluentes, necessita de um melhor conhecimento do processo de combustão desses combustíveis. Historicamente utilizaram-se hidrocarbonetos como combustíveis para motores de combustão interna e a maior parte do conhecimento de projeto, otimização e controle, está baseada na queima desses. Por outro lado, o uso dos biocombustíveis em motores é uma realidade; portanto, o conhecimento da sua combustão é imprescindível para que se tenham motores capacitados para operar nessa circunstância. Desta forma, no presente projeto pretende-se realizar um estudo detalhado sobre o processo de combustão de biocombustíveis ou misturas entre biocombustíveis e combustíveis derivados de petróleo. O projeto será realizado em três etapas. Na primeira será feito um estudo de sobre as características das chamas de biocombustíveis. Na segunda um estudo sobre o comportamento da combustão de biocombustíveis em reatores de massa fixa. Na terceira etapa a combustão diretamente em motores monocilindros que permitem o acesso ótico para investigação de combustão. Pretende-se utilizar técnicas não intrusivas de análise, como PN, PLIP e LII, para obtenção de informação sobre temperatura de chama, mistura entre reagentes, formação de fuligem, evaporação do combustível líquido, velocidade de propagação de chama, tamanho e velocidade das gotas, entre outros. Ao final das etapas pretende-se reunir resultados suficientes para que seja possível propor alterações em motores de combustão interna utilizados e motogeradores, para que estes possam operar de forma racional e com baixas emissões. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PIZZUTI, L.; MARTINS, C. A.; LACAVA, P. T. Laminar burning velocity and flammability limits in biogas: A literature review. RENEWABLE & SUSTAINABLE ENERGY REVIEWS, v. 62, p. 856-865, SEP 2016. Citações Web of Science: 19.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.