Busca avançada
Ano de início
Entree

Ressonância magnética de corpo total na avaliação do comprometimento muscular da dermatomiosite juvenil

Processo: 10/51424-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de janeiro de 2011 - 31 de dezembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Maria Odete Esteves Hilário
Beneficiário:Maria Odete Esteves Hilário
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Crianças  Ressonância magnética  Dermatomiosite  Adolescentes 

Resumo

Desde a introdução da ressonância magnética (RM) como uma modalidade diagnostica, sua técnica tem sido continuamente desenvolvida e melhorada, combinando excelente qualidade nas imagens e alta resolução com um tempo de exame relativamente curto. A RM de corpo total é uma nova técnica que permite a avaliação do corpo inteiro, semelhante à cintilografia ou à tomografia por emissão de positron (PET), mas sem exposição do paciente à radiação. A seqüência STIR (short tau inversion recovery) é excelente na identificação do processo inflamatório muscular que é representado por uma imagem de hipersinal (1). Na dermatomiosite juvenil (DMJ), esta seqüência permite a identificação de todos os grupos musculares acometidos, além de avaliar a extensão e a distribuição do comprometimento muscular nestes pacientes, auxiliando no processo de decisão terapêutica (1). (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CASTRO, T. C. M.; LEDERMAN, H.; TERRERI, M. T.; CALDANA, W. I.; ZANOTELI, E.; HILARIO, M. O. E. Whole-body magnetic resonance imaging in the assessment of muscular involvement in juvenile dermatomyositis/polymyositis patients. SCANDINAVIAN JOURNAL OF RHEUMATOLOGY, v. 43, n. 4, p. 329-333, 2014. Citações Web of Science: 10.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.