Busca avançada
Ano de início
Entree

Monitoramento do estado nutricional e da solução do solo em plantas cítricas fertirrigadas

Processo: 10/17006-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de janeiro de 2011 - 31 de dezembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Pesquisador responsável:Roberto Lyra Villas Boas
Beneficiário:Roberto Lyra Villas Boas
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Pesq. associados: Diógenes Martins Bardiviesso ; Thais Regina de Souza ; Thomas Fiore de Andrade
Assunto(s):Nutrição vegetal  Fertirrigação  Irrigação por gotejamento  Citricultura 

Resumo

O estado de São Paulo é responsável por cerca de 85% da produção nacional de citros e o emprego da irrigação nos pomares vem aumentando expressivamente nos últimos anos em virtude dos resultados promissores como elevação da produtividade, melhoria da qualidade dos frutos e a possibilidade de produção fora de época. A aplicação de fertilizantes é um fator de extrema importância em qualquer produção agrícola, inclusive na citricultura. Uma aplicação mal feita pode causar prejuízos ao produtor, devido à porcentagem que este insumo representa no custo de produção e, em algumas situações extremas, pode promover diminuição da produtividade. O parcelamento da adubação, através da fertirrigação localizada, nos diferentes estádios de desenvolvimento, pode se tornar uma das melhores formas de promover um adequado aproveitamento dos nutrientes pela planta, aumentando assim a eficiência da adubação. Porém, para que esse parcelamento seja eficiente, é necessário o desenvolvimento de curvas de absorção de nutrientes, o que é muito difícil numa cultura como o citros. Por esse motivo, o projeto visa estudar técnicas como a análise da seiva, determinação indireta da clorofila e análise da solução do solo, para monitorar o estado nutricional das plantas cítricas e da solução do solo e proporcionar um melhor parcelamento da fertirrigação, de acordo com a necessidade nutricional da planta, aumentado assim a eficiência de uso dos nutrientes. O projeto está no seu terceiro ano de implantação, na fazenda Emu, pertencente à empresa Citrovita, na cidade de Reginópolis. No local encontra-se instalado sistema de irrigação por gotejamento em laranjeiras da variedade copa Hamlin e Valência, ambas sobre porta-enxerto citrumelo 'Swingle' e os tratamentos foram definidos por cinco diferentes doses de N, P2O5 e K2O nas formas de nitrato de amônio (33% de N), ácido fosfórico comercial (70% de P2O5) e cloreto de potássio branco (60% K2O). Este trabalho visa dar continuidade ao projeto FAPESP 07/55899-7 que avaliou este monitoramento por 2 anos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)