Busca avançada
Ano de início
Entree

Biosseparacao para plantas como biorreatores: estrategia de purificacao por imac de fragmentos fab de igg a partir de extratos de sementes de soja visando processo a larga escala

Resumo

A purificação de proteínas obtidas a partir de plantas transgênicas como biorreatores tem interessado a academia e o setor produtivo pela necessidade de se desenvolver mecanismos e processos a serem aplicados em larga-escala. Fragmentos de anticorpos, por apresentarem rápida penetração em tecidos, representam uma importante classe de moléculas cuja aplicação tem se intensificado em situações onde a região constante (Fe) dos anticorpos não são requeridas ou são deletérias (geração de imagens in vivo e tratamento de tumores). Dado que os custos de purificação destas moléculas correspondem de 50 a 80% do custo total de produção, justifica-se a necessidade de desenvolvimento de processos de purificação utilizando técnicas de baixo custo, como a cromatografia de afinidade por íons metálicos imobilizados (IMAC). Neste projeto será avaliado o emprego de IMAC para captura de proteínas nativas do extrato de grãos de soja visando uma futura aplicação na purificação de fragmentos de anticorpos que podem vir a ser expressados nesta semente. Para tal, fragmentos Fab de anticorpos humanos serão adicionados artificialmente ("spiking") a extrato de grãos de soja não-transgênico. A estratégia de adição artificial de proteínas a extratos de plantas tem sido utilizada por diversos autores devido à dificuldade de se obter plantas modificadas geneticamente e tem a finalidade de simular um extrato de planta transgênica. Os fragmentos de anticorpos a serem purificados não apresentarão cauda de histidina, pois a cauda pode provocar problemas de imunorreatividade e estruturais, podendo interferir no enovelamento correto e na associação dos domínios variáveis do mesmo. Nesta pesquisa serão avaliados os efeitos do agente quelante (tridentado IDA (ácido iminodiacético) e o tetradentado TREN (Tris (2-aminoetilamina)), do sistema tamponante (Tris-HCl, MES e fosfato de sódio) e do sal (NaCl) no comportamento da adsorção do fragmento Fab e das proteínas do extrato de grãos de soja em níquel imobilizado. Espera-se que os resultados venham contribuir para o entendimento específico do mecanismo de interação entre proteínas de sementes de soja e quelatos metálicos, bem como para o conhecimento de base para o desenvolvimento de um processo de purificação por IMAC de fragmentos de anticorpos produzido em sementes de soja como biorreator. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)