Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos cardiovasculares decorrentes da administração crônica de testosterona e cocaína em ratos

Processo: 10/16192-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de janeiro de 2011 - 31 de dezembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Neuropsicofarmacologia
Pesquisador responsável:Carlos Cesar Crestani
Beneficiário:Carlos Cesar Crestani
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Sistema cardiovascular  Sistema nervoso central  Transtornos relacionados ao uso de cocaína  Drogas ilícitas  Cocaína  Esteroides 

Resumo

Estudos têm apontado um crescimento no abuso de cocaína e esteróides androgênicos anabólicos (EAA). Além disso, o abuso de EAA está frequentemente associado ao uso de cocaína. Existem evidências na literatura sugerindo que o uso crônico de cocaína e EAA está relacionado com diversas patologias cardiovasculares, incluindo hipertensão e patologias cardíacas. Apesar da relevância do tema, os mecanismos relacionados com as patologias cardiovasculares associados com o uso crônico de cocaína e EAA, especialmente do uso simultâneo destas drogas, ainda são pouco compreendidos. Não existem relatos do efeito do tratamento crônico com cocaína, testosterona ou da co-administração destas drogas sobre a atividade do baroreflexo. Estudos têm sugerido que redução na atividade do baroreflexo pode ser um mecanismo importante relacionado com a hipertensão, além de ser um fator de risco para o desenvolvimento de arritmias e morte súbita em diversas patologias cardiovasculares. Apesar de alguns estudos in vitro relatarem comprometimento na reatividade vascular a agentes vasoativos após exposição crônica a cocaína ou EAA, não existem estudos in vivo relatando o efeito da administração crônica destas drogas sobre a reatividade vascular. Comprometimento na resposta vascular é um indicador e um marcador de aterosclerose e de alterações na ação vascular de agentes vasodilatadores e vasoconstritores, e tem sido proposto como um dos mecanismos no desenvolvimento da hipertensão. Alguns estudos têm sugerido que a exposição crônica à cocaína altera as respostas cardiovasculares e neuroendócrinas ao estresse. Entretanto, não existem evidências na literatura relatando o efeito da administração de testosterona ou da co-administração de testosterona e cocaína sobre as respostas autonômicas e neuroendócrinas ao estresse. Por fim, estudos têm relatado que a administração crônica de cocaína ou testosterona desencadeia alterações funcionais importantes em estruturas do sistema nervoso central (SNC) envolvidas no controle da atividade cardiovascular. Alguns estudos da literatura têm sugerido que o núcleo leito da estria terminal (NLET) parece ser uma das principais regiões no SNC a apresentar alterações após a administração crônica de cocaína.Diante disso, o presente projeto testará a hipótese de que a administração repetida de testosterona e/ou cocaína desencadeia alterações nos parâmetros basais de pressão arterial (PA) e freqüência cardíaca (FC), na atividade do barorreflexo, na reatividade vascular e nas respostas autonômicas e neuroendócrinas ao estresse em ratos. Além disso, investigaremos se os efeitos cardiovasculares decorrente da administração repetida destas drogas estão associados à alteração no controle da atividade do barorreflexo e das respostas autonômicas e neuroendócrinas ao estresse exercido pelo NLET de ratos. Para tanto, nós investigaremos o efeito da administração repetida de testosterona e/ou cocaína sobre os valores basais de PA média, PA sistólica, PA diastólica e FC; a atividade do barorreflexo; a reatividade vascular a agentes vasoconstritor e vasodilatador e as respostas autonômicas e neuroendócrinas ao estresse por restrição agudo. Nós também estudaremos o efeito destes tratamentos sobre o controle da atividade do barorreflexo e das respostas autonômicas e neuroendócrinas ao estresse por restrição agudo exercido pelo NLET de ratos. (AU)

Publicações científicas (10)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ENGI, SHEILA A.; CRUZ, FABIO C.; LEAO, RODRIGO M.; SPOLIDORIO, LUIS C.; PLANETA, CLEOPATRA S.; CRESTANI, CARLOS C. Cardiovascular Complications following Chronic Treatment with Cocaine and Testosterone in Adolescent Rats. PLoS One, v. 9, n. 8 AUG 14 2014. Citações Web of Science: 4.
CRUZ, F. C.; ALVES, F. H. F.; LEAO, R. M.; PLANETA, C. S.; CRESTANI, C. C. ROLE OF THE BED NUCLEUS OF THE STRIA TERMINALIS IN CARDIOVASCULAR CHANGES FOLLOWING CHRONIC TREATMENT WITH COCAINE AND TESTOSTERONE: A ROLE BEYOND DRUG SEEKING IN ADDICTION?. Neuroscience, v. 253, p. 29-39, DEC 3 2013. Citações Web of Science: 5.
BUSNARDO, CRISTIANE; ALVES, FERNANDO H. F.; CRESTANI, CARLOS C.; SCOPINHO, AMERICA A.; RESSTEL, LEONARDO B. M.; CORREA, FERNANDO M. A. Paraventricular nucleus of the hypothalamus glutamate neurotransmission modulates autonomic, neuroendocrine and behavioral responses to acute restraint stress in rats. European Neuropsychopharmacology, v. 23, n. 11, p. 1611-1622, NOV 2013. Citações Web of Science: 26.
GOMES, FELIPE V.; ALVES, FERNANDO H. F.; GUIMARAES, FRANCISCO S.; CORREA, FERNANDO M. A.; RESSTEL, LEONARDO B. M.; CRESTANI, CARLOS C. Cannabidiol administration into the bed nucleus of the stria terminalis alters cardiovascular responses induced by acute restraint stress through 5-HT1A receptor. European Neuropsychopharmacology, v. 23, n. 9, p. 1096-1104, SEP 2013. Citações Web of Science: 15.
CAMARGO, LAURA H. A.; ALVES, FERNANDO H. F.; BIOJONE, CAROLINE; CORREA, FERNANDO M. A.; RESSTEL, LEONARDO B. M.; CRESTANI, CARLOS C. Involvement of N-methyl-D-aspartate glutamate receptor and nitric oxide in cardiovascular responses to dynamic exercise in rats. European Journal of Pharmacology, v. 713, n. 1-3, p. 16-24, AUG 5 2013. Citações Web of Science: 9.
CRESTANI, CARLOS C.; ALVES, FERNANDO H. F.; GOMES, FELIPE V.; RESSTEL, LEONARDO B. M.; CORREA, FERNANDO M. A.; HERMAN, JAMES P. Mechanisms in the Bed Nucleus of the Stria Terminalis Involved in Control of Autonomic and Neuroendocrine Functions: A Review. Current Neuropharmacology, v. 11, n. 2, p. 141-159, MAR 2013. Citações Web of Science: 93.
CRUZ, FABIO C.; ENGI, SHEILA A.; LEAO, RODRIGO M.; PLANETA, CLEOPATRA S.; CRESTANI, CARLOS C. Influence of the single or combined administration of cocaine and testosterone in autonomic and neuroendocrine responses to acute restraint stress. JOURNAL OF PSYCHOPHARMACOLOGY, v. 26, n. 10, p. 1366-1374, OCT 2012. Citações Web of Science: 5.
SCOPINHO, AMERICA A.; ALVES, FERNANDO H. F.; RESSTEL, LEONARDO B. M.; CORREA, FERNANDO M. A.; CRESTANI, CARLOS C. Lateral septal area alpha(1)-and alpha(2)-adrenoceptors differently modulate baroreflex activity in unanaesthetized rats. Experimental Physiology, v. 97, n. 9, p. 1018-1029, SEP 2012. Citações Web of Science: 4.
ENGI, SHEILA A.; CRUZ, FABIO C.; LEAO, RODRIGO M.; CORREA, FERNANDO M.; PLANETA, CLEOPATRA S.; CRESTANI, CARLOS C. Effect of the Single or Combined Administration of Cocaine and Testosterone on Cardiovascular Function and Baroreflex Activity in Unanesthetized Rats. Journal of Cardiovascular Pharmacology, v. 59, n. 3, p. 231-240, MAR 2012. Citações Web of Science: 11.
CRESTANI, CARLOS C.; TAVARES, RODRIGO F.; GUIMARAES, FRANSCISCO S.; CORREA, FERNANDO M. A.; JOCA, SAMIA R. L.; RESSTEL, LEONARDO B. M. Chronic fluoxetine treatment alters cardiovascular functions in unanesthetized rats. European Journal of Pharmacology, v. 670, n. 2-3, p. 527-533, NOV 30 2011. Citações Web of Science: 26.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.