Busca avançada
Ano de início
Entree

Aplicações da eletroforese capilar nas áreas clínica, terapêutica e biotecnológica

Processo: 10/17632-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de janeiro de 2011 - 31 de dezembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Cristiane Masetto de Gaitani
Beneficiário:Cristiane Masetto de Gaitani
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Pesq. associados:Fabíola Attié de Castro ; Fernando de Queiroz Cunha ; Fernando Spiller
Assunto(s):Eletroforese capilar  Fármacos  Controle biológico de qualidade dos fármacos  Mesilato de imatinibe 

Resumo

A eletroforese capilar é uma técnica analítica de separação baseada nas diferenças entre as mobilidades de espécies carregadas, em uma solução de eletrólitos que pode ser aquoso ou orgânico, no interior de um pequeno capilar sob a influência de um campo elétrico. Dentre as principais vantagens da eletroforese capilar podem ser citadas: a alta eficiência, versatilidade, a demanda de pequenos volumes de amostra, o reduzido tempo de análise, o consumo mínimo de solventes, o baixo custo dos materiais de consumo, a possibilidade de interface com vários sistemas de detecção, e a simplicidade da instrumentação básica. Assim, devido à eficiência, seletividade e versatilidade, o presente projeto propõe demonstrar a aplicação dessa técnica em diferentes áreas. Neste sentido, está sendo proposta a análise enantiosseletiva da fluvastatina e seu principal metabólito em material biológico em plasma, uma vez que ainda não existe método descrito na literatura para a análise deste fármaco por eletroforese capilar. Em outras aplicações, duas macromoléculas serão analisadas: o interferon-± (INF-±) e a ±-1 glicoproteína ácida (±-1 AGP). A análise do INF-±, um biofármaco, será realizada em diferentes medicamentos comerciais com aplicação no controle de qualidade de biofármacos e a análise da ±-1 AGP, um biomarcador, será realizada em plasma de pacientes internados no HCFMRP/USP com o objetivo de relacionar a concentração e estrutura desta glicoproteína nos diferentes estágios de desenvolvimento do estado inflamatório. Finalmente, também está sendo proposto o desenvolvimento e validação de um método para análise do mesilato de imatinibe em plasma. O método será aplicado em amostras de plasma de pacientes portadores de leucemia mielóide crônica, em tratamento, para quantificação do fármaco e auxiliar no entendimento do mecanismo de resistência observado em alguns pacientes. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RIBEIRO BARROS, LUIZA SALDANHA; CARRAO, DANIEL BLASCKE; COSTA QUEIROZ, REGINA HELENA; MORAES DE OLIVEIRA, ANDERSON RODRIGO; DE GAITANI, CRISTIANE MASETTO. A three phase hollow fiber liquid-phase microextraction for quantification of lamotrigine in plasma of epileptic patients by capillary electrophoresis. ELECTROPHORESIS, v. 37, n. 20, p. 2678-2684, OCT 2016. Citações Web of Science: 2.
MOREIRA, B. J.; BORGES, K. B.; DE OLIVEIRA, A. R. M.; DE GAITANI, C. M. Analysis of oxybutynin and N-desethyloxybutynin in human urine by dispersive liquid-liquid microextraction (DLLME) and capillary electrophoresis (CE). ANALYTICAL METHODS, v. 7, n. 20, p. 8763-8770, 2015. Citações Web of Science: 5.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.