Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência dos receptores de imunidade inata (TLR2, TLR4 e Dectina-1) no comportamento de células dendríticas e na determinação do padrão de imunidade adaptativa dos hospedeiros contra o paracocciodióides

Processo: 10/52275-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2011 - 31 de julho de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia
Pesquisador responsável:Vera Lucia Garcia Calich
Beneficiário:Vera Lucia Garcia Calich
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Paracoccidioidomicose  Paracoccidioides brasiliensis  Células dendríticas  Receptores toll-like  Imunidade inata  Receptores de dectina-1 

Resumo

Em trabalhos anteriores (J. Immunol. 183: 1279-1290, 2009; e, Infect & Immun. 78: 1078-1088, 2010; Infect & Immun., 2010 em revisão) avaliamos a função dos receptores de imunidade inata TLR2 e TLR4, além da molécula sinalizadora MyD88 na imunidade de camundongos contra o Paracoccidioides brasiliensis (Pb). Verificamos que animais TLR2 KO desenvolvem imunidade prevalente do tipo Th 17, os animais TLR4 KO uma baixa ativação da imunidade Th1 e Th17, enquanto que os MyD-deficientes apresentaram todas as subtipos de imunidade comprometidos. Neste projeto pretendemos continuar estes estudos através da caracterização da função das células dendríticas (DCs) de camundongos TLR2 e TLR4 deficientes, em comparação às células de animais normais, nos mecanismos de imunidade inata e adaptativa frente ao Pb. A interação cooperativa entre estes receptores e o receptor para beta-glucanas, dectina-1, será também avaliada; para tanto, pretendemos estudar a influência do receptor dectina-1 de DCs de camundongos TLR-2 e TLR-4KO na definição da imunidade T-dependente, e em especial, do fenótipo Thl7. Serão realizados experimentos in vitro e in vivo no intuito de caracterizar as atividades fungicidas e secretoras das células dendríticas, assim como a sua atividade apresentadora de antígenos para linfócitos T. Estudaremos também a contribuição individual do receptor dectina-1 na paracoccidiodimicose (PCM). Com esta finalidade serão realizados experimentos com DCs ativadas com agonistas de dectina-1, tratadas com anticorpos anti-dectina-1 e DCs cuja expressão do receptor tenha sido inibida por siRNA específico. Estudos complementares serão realizados utilizando camundongos dectina-1K0 em comparação com controles normais. Este trabalho poderá ampliar o conhecimento da função dos receptores da imunidade inata na PCM, área bastante carente de informações. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LOURES, FLAVIO V.; ARAUJO, ELISEU F.; FERIOTTI, CLAUDIA; BAZAN, SILVIA B.; CALICH, VERA L. G. TLR-4 cooperates with Dectin-1 and mannose receptor to expand Th17 and Tc17 cells induced by Paracoccidioides brasiliensis stimulated dendritic cells. FRONTIERS IN MICROBIOLOGY, v. 6, MAR 31 2015. Citações Web of Science: 24.
LOURES, FLAVIO V.; ARAUJO, ELISEU F.; FERIOTTI, CLAUDIA; BAZAN, SILVIA B.; COSTA, TANIA A.; BROWN, GORDON D.; CALICH, VERA L. G. Dectin-1 Induces M1 Macrophages and Prominent Expansion of CD8(+)IL-17(+) Cells in Pulmonary Paracoccidioidomycosis. Journal of Infectious Diseases, v. 210, n. 5, p. 762-773, SEP 1 2014. Citações Web of Science: 29.
COSTA, TANIA A.; BAZAN, SILVIA B.; FERIOTTI, CLAUDIA; ARAUJO, ELISEU F.; BASSI, ENIO J.; LOURES, FLAVIO V.; CALICH, VERA L. G. In Pulmonary Paracoccidioidomycosis IL-10 Deficiency Leads to Increased Immunity and Regressive Infection without Enhancing Tissue Pathology. PLoS Neglected Tropical Diseases, v. 7, n. 10 OCT 2013. Citações Web of Science: 14.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.