Busca avançada
Ano de início
Entree

Detecção e caracterização de STEC, EPEC e APEC em aves selvagens e pombos na cidade de Jaboticabal-SP

Processo: 10/12002-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2011 - 31 de janeiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Patologia Animal
Pesquisador responsável:Fernando Antonio de Avila
Beneficiário:Fernando Antonio de Avila
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Pesq. associados:Everlon Cid Rigobelo ; Karin Werther
Assunto(s):Microbiologia  Escherichia coli  Reação em cadeia por polimerase (PCR) 

Resumo

Embora estirpes de Escherichia coli estejam presentes em grande número na microbiota intestinal de praticamente todos os animais, é provável que somente algumas estirpes específicas estejam relacionadas com doenças. No caso das aves, essas estirpes são denominadas APEC. Dentre os patótipos de E. coli que se destacam por estar associados a doenças no trato intestinal de animais e seres humanos se destacam as E. coli enteropatogênicas (EPEC) e E. coli shigatoxigênicas (STEC). Esse projeto de pesquisa visa detectar estirpes de APEC, EPEC e STEC de pombos e aves silvestres na cidade de Jaboticabal-SP. Os espécimes serão colhidos através de um suabe cloacal de pombos e aves silvestres. Poderão ser usados também fragmentos de fígado e de intestino de aves que vierem a morrer. As amostras sofrerão uma triagem por PCR para a detecção de APEC, STEC e EPEC. Das amostras positivas para APEC, serão procurados estirpes caracterizados por PCR para os genes cvaC, ironN, iss, iucD, iutA, sitA, traT e tsh. Dos isolados positivos para STEC ou EPEC, serão procurados estirpes caracterizados por PCR para os genes stx1, stx2, eae, ehxA e bfp. Adicionalmente a PCR, os isolados de APEC serão avaliados quanto a patogenicidade através do teste de inoculação in vivo em pintainhos de um dia e os isolados de STEC/EPEC seus sorogrupos serão determinados através da técnica de aglutinação em lâmina. A determinação da prevalência das STEC e EPEC poderá mostrar se as aves selvagens e pombos da região de Jaboticabal podem servir como reservatório de bactérias com potencial zoonótico e assim apresentar um risco à saúde pública. A detecção de APEC e seus diversos genes de virulência poderá mostrar quais genes (ou conjuntos de genes) estão associados à doença, além disso, pode mostrar se aves selvagens e pombos podem ser reservatórios de bactérias potencialmente patogênicas para aves comerciais. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BORGES, CLARISSA A.; CARDOZO, MARITA V.; BERALDO, LIVIA G.; OLIVEIRA, ELISABETE S.; MALUTA, RENATO P.; BARBOZA, KALINE B.; WERTHER, KARIN; AVILA, FERNANDO A. Wild birds and urban pigeons as reservoirs for diarrheagenic Escherichia coli with zoonotic potential. JOURNAL OF MICROBIOLOGY, v. 55, n. 5, p. 344-348, MAY 2017. Citações Web of Science: 10.
BORGES, CLARISSA A.; MALUTA, RENATO P.; BERALDO, LIVIA G.; CARDOZO, MARITA V.; GUASTALLI, ELISABETE A. L.; KARIYAWASAM, SUBHASHINIE; DEBROY, CHITRITA; AVILA, FERNANDO A. Captive and free-living urban pigeons (Columba livia) from Brazil as carriers of multidrug-resistant pathogenic Escherichia coli. VETERINARY JOURNAL, v. 219, p. 65-67, JAN 2017. Citações Web of Science: 3.
BORGES, C. A.; BERALDO, L. G.; MALUTA, R. P.; CARDOZO, M. V.; BARBOZA, K. B.; GUASTALLI, E. A. L.; KARIYAWASAM, S.; DEBROY, C.; AVILA, F. A. Multidrug-resistant pathogenic Escherichia coli isolated from wild birds in a veterinary hospital. AVIAN PATHOLOGY, v. 46, n. 1, p. 76-83, 2017. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.