Busca avançada
Ano de início
Entree

Monitoramento de mudanças ambientais induzidas por poluentes, originados de diferentes usos da terra pelo homem e seus efeitos sobre remanescentes de vegetação nativa

Processo: 10/52319-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa BIOTA - Regular
Vigência: 01 de março de 2011 - 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Convênio/Acordo: CNPq - SISBIOTA-Brasil
Pesquisador responsável:Marisa Domingos
Beneficiário:Marisa Domingos
Instituição-sede: Instituto de Botânica. Secretaria do Meio Ambiente (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Monitoramento ambiental  Poluentes do solo  Vegetação  Uso do solo 

Resumo

Esta rede foi planejada visando a congregar grupos de pesquisa de três estados diferentes, situados nas regiões sudeste e central do Brasil, que já vêm estudando mudanças ambientais induzidas por distintas atividades antrópicas e seus efeitos sobre a biodiversidade vegetal em caráter regional. Esses grupos se propõem a concentrar esforços, de modo coordenado, por meio de estudos de casos, visando: a) ampliar o conhecimento sobre o nível de contaminação ambiental por poluentes, oriundos de diferentes usos da terra (industrialização, urbanização, práticas agrícolas ou mineração) e propor protocolos tentativos para modelagem descritiva de respostas da biodiversidade vegetal brasileira sob esses cenários de contaminação ambiental. Os estudos de caso terão abrangência regional não somente porque o território brasileiro é coberto por diferentes tipos de vegetação, compostos por diferentes conjuntos de espécies, mas também porque a contaminação ambiental no território brasileiro é altamente diversificada, refletindo a forte heterogeneidade espacial do uso da terra pelas populações humanas. Nessas condições, modelos mais globais de monitoramento não seriam viáveis. Porém, os grupos de pesquisa da rede aplicarão métodos de amostragem e analíticos dos indicadores de mudanças ambientais e de respostas vegetais afins em seus respectivos estudos de caso, abrangidos pela ferramenta metodológica denominada de biomonitoramento. As equipes procurarão espécies bioindicadoras nativas. O intercâmbio de experiências teóricas e práticas entre as equipes, que será outro fator integrador da rede e resultará no aumento da qualidade científica em todos os casos. Toda a equipe envolvida espera chegar ao final do projeto com propostas de protocolos de métodos aplicáveis, em tese, no monitoramento de riscos impostos por poluentes originados de diferentes fontes de emissão aos remanescentes de vegetação nativa em todo o território nacional. Almeja-se, ainda, alcançar, em médio e longo prazo, um efeito multiplicador das ideias que levaram à proposição desta rede, sob os seguintes aspectos principais: (a) agregação de novas equipes parceiras à rede para ampliar a análise de aplicabilidade e de viabilidade dos protocolos de monitoramento em outras regiões brasileiras cuja biodiversidade vegetal é afetada por mudanças ambientais induzidas por poluentes emitidos por atividades antrópicas; (b) investimento maciço na formação de recursos humanos, disponibilizando no mercado de trabalho profissionais especializados no tema abrangido pela rede; (b) informação com linguagem acessível e tecnicamente correta, conscientização e educação dos diferentes seguimentos da população brasileira sobre os problemas ambientais ocasionados pelos diferentes usos da terra, de forma a estimular mudanças de comportamento que resultem em ações voltadas à contenção da contaminação ambiental. (AU)

Publicações científicas (5)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SILVA, FABIA BARBOSA; COSTA, ALAN CARLOS; MUELLER, CAROLINE; NASCIMENTO, KELLY TELLES; BATISTA, PRISCILA FERREIRA; VITAL, ROBERTO GOMES; MEGGUER, CLARICE APARECIDA; JAKELAITIS, ADRIANO; DOMINGOS, MARISA. Dipteryx alata, a tree native to the Brazilian Cerrado, is sensitive to the herbicide nicosulfuron. ECOTOXICOLOGY, v. 29, n. 2 FEB 2020. Citações Web of Science: 0.
MOURA, BARBARA BAESSO; ALVES, EDENISE SEGALA; MARABESI, MAURO ALEXANDRE; DE SOUZA, SILVIA RIBEIRO; SCHAUB, MARCUS; VOLLENWEIDER, PIERRE. Ozone affects leaf physiology and causes injury to foliage of native tree species from the tropical Atlantic Forest of southern Brazil. Science of The Total Environment, v. 610, p. 912-925, JAN 1 2018. Citações Web of Science: 13.
DE LIMA, DEMILY ANDROMEDA; MUELLER, CAROLINE; COSTA, ALAN CARLOS; BATISTA, PRISCILA FERREIRA; DALVI, VALDNEA CASAGRANDE; DOMINGOS, MARISA. Morphoanatomical and physiological changes in Bauhinia variegata L. as indicators of herbicide diuron action. ECOTOXICOLOGY AND ENVIRONMENTAL SAFETY, v. 141, p. 242-250, JUL 2017. Citações Web of Science: 5.
DIAS, ANA PAULA L.; RINALDI, MIRIAN C. S.; DOMINGOS, MARISA. Foliar accumulation of polycyclic aromatic hydrocarbons in native tree species from the Atlantic Forest (SE-Brazil). Science of The Total Environment, v. 544, p. 175-184, FEB 15 2016. Citações Web of Science: 13.
MOURA, BARBARA B.; ALVES, EDENISE S.; DE SOUZA, SILVIA R.; DOMINGOS, MARISA; VOLLENWEIDER, PIERRE. Ozone phytotoxic potential with regard to fragments of the Atlantic Semi-deciduous Forest downwind of Sao Paulo, Brazil. Environmental Pollution, v. 192, p. 65-73, SEP 2014. Citações Web of Science: 19.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.