Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da Bacia Hidrográfica Mariana no município de Alta Floresta/MT a partir dos sistemas produtivos dos agricultores visando sua recuperação

Processo: 10/18887-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2011 - 31 de agosto de 2013
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Extensão Rural
Pesquisador responsável:Sonia Maria Pessoa Pereira Bergamasco
Beneficiário:Sonia Maria Pessoa Pereira Bergamasco
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Agrícola (FEAGRI). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Pesq. associados:Delmonte Roboredo ; Edgley Pereira da Silva ; Julieta Teresa Aier de Oliveira ; Monica Elisa Bleich
Assunto(s):Desenvolvimento sustentável  Agricultura familiar  Impactos ambientais  Políticas públicas  Bacia hidrográfica 

Resumo

A água que abastece a cidade de Alta Floresta, localizada no extremo norte do Estado de Mato Grosso, é captada na bacia hidrográfica Mariana a qual se encontra com elevado grau de degradação provocada por atividades agropecuárias insustentáveis. O objetivo do presente trabalho é avaliar o nível de degradação dos recursos naturais a partir dos sistemas produtivos adotados pelos agricultores visando a recuperação e conservação da mesma. A pesquisa será realizada por intermédio de estudo de caso visando obter amplo e detalhado conhecimento dos agroecossistemas que consistirá na coleta de dados secundários, bem como de dados primários que consistirá em: i) coleta de amostras de solo e água para avaliar qualidade dos mesmos; ii) realização de entrevistas semi-estruturadas à agricultores empregando questionários com perguntas fechadas e abertas, bem como entrevistas em profundidade; iii) reuniões participativas para validação dos dados coletados para que os produtores, como sujeitos da ação, apresentem os problemas e caminhos para recuperação da Bacia hidrográfica de forma sustentável. Os dados coletados serão tabulados e processados estatisticamente empregando estatística descritiva, análise multivariada, Fatorial de Correspondências Múltiplas e Classificação Hierárquica Ascendente, para comparar e avaliar o nível de degradação ambiental, as lógicas de exploração das unidades de produção e seus impactos sobre os recursos naturais, como também as alternativas à adoção de atividades sustentáveis para recuperação da bacia hidrográfica Mariana. (AU)