Busca avançada
Ano de início
Entree

Papel dos hormônios esteróides no comportamento sexual e na biologia molecular dos receptores opióides em diferentes regiões do encéfalo de ratas tratadas prolongadamente com agonista opioidérgico

Resumo

De acordo com os princípios de cronobiologia, ritmos infradianos que duram mais de 24 horas são predominantes em mamíferos capazes de se reproduzirem. O ciclo estral é bem conhecido em roedores, sendo composto por 4-5 dias e caracterizado pelas fases de proestro, estro, metaestro e diestro. A regulação da secreção das gonadotrofinas hipofisárias é resultado de uma interrelação complexa entre efeitos de feedbacks dos esteróides gonadais e a influência exercida por neurotransmissores cerebrais no eixo hipotálamo-hipofise. Estudos mostram que o papel central neste fenômeno é desempenhado pelos opióides cerebrais, que particularmente exercem uma influência inibitória na secreção de gonadotrofinas. É conhecido que diferentes classes de opióides cerebrais (como beta-encefalinas, encefalinas, dinorfinas) exercem suas ações por meio da ligação específica a receptores opióides, sendo os mais conhecidos denominados mu, kappa e delta. Os receptores do tipo kappa e delta parecem estar associados ao controle da secreção de gonadotrofinas, porém são poucos estudos evidenciam a real participação dos receptores do tipo mu nesse contexto. Os experimentos conduzidos até o momento refletem o potencial de ligação de agonistas opioidérgicos, como a morfina, os quais poderiam modular o número de receptores opióides pela presença/ausência de hormônios esteróides e com conseqüências fisiológicas. Desse modo, este estudo pretende identificar a modulação, pelos hormônios esteróides femininos, dos genes Oprm1, Oprk1 e Opd1 que codificam respectivamente para os receptores opióides tipo mu, kappa e delta, bem como os produtos protéicos MOR, KOR e DOR no hipotálamo, estriado e PAG de ratas virgens e adultas, ovariectomizadas ou não e tratadas com morfina, estrógeno e progesterona e suas implicações em processos fisiológicos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
TEODOROV, E.; CAMARINI, R.; BERNARDI, M. M.; FELICIO, L. F. Treatment with steroid hormones and morphine alters general activity, sexual behavior, and opioid gene expression in female rats. Life Sciences, v. 104, n. 1-2, p. 47-54, MAY 28 2014. Citações Web of Science: 5.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.