Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do diazóxido nas lesões da isquemia/reperfusão hepática: estudo experimental em ratos

Processo: 10/19078-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2011 - 28 de fevereiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Cirurgia
Pesquisador responsável:Marcel Cerqueira Cesar Machado
Beneficiário:Marcel Cerqueira Cesar Machado
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Ana Maria de Mendonça Coelho
Assunto(s):Procedimentos cirúrgicos do sistema digestório  Isquemia  Traumatismo por reperfusão  Fígado 

Resumo

O estudo da lesão de isquemia/reperfusão (I/R) no tecido hepático tem grande importância na prática clínica. Períodos de isquemia transitória do fígado são necessários em diversos procedimentos cirúrgicos, destacando-se as ressecções hepáticas amplas no tratamento de tumores, o manuseio de traumas hepáticos extensos e, em especial, o transplante de fígado, podendo ocasionar nos casos mais graves, uma reação inflamatória sistêmica com lesão de órgãos à distância.Estudos prévios têm demonstrado que a ativação dos canais de potássio mitocondriais (mitoKATP) pelo diazóxido exerce ação protetora da lesão de I/R em vários órgãos, entretanto não se estudou o efeito do diazóxido sobre as lesões de I/R hepáticas. Considerando-se este conjunto de informações é possível que a utilização do diazóxido venha a ser útil na redução das lesões locais e sistêmicas da isquemia/reperfusão hepática. Neste trabalho serão avaliados os efeitos locais e sistêmicos da administração de diazóxido na lesão de isquemia/reperfusão hepática em ratos. Serão utilizados ratos machos Wistar submetidos à uma hora de isquemia hepática e serão divididos em 2 grupos: Grupo Controle: animais receberão solução salina (IV )e Grupo Diazóxido: animais receberão diazóxido (3,5mg/Kg) (IV) 15 minutos antes da reperfusão. Após 4 e 24 horas da reperfusão, os materiais serão coletados para análise. No sangue serão realizadas as dosagens das enzimas hepáticas (AST, ALT), das citocinas inflamatórias (TNF-alfa, TGF-beta, IL-6 e IL-10) e de nitrato/nitrito. No tecido hepático serão realizadas as determinações de malondialdeído, a análise histológica e a avaliação da respiração mitocondrial hepática. A lesão pulmonar será avaliada pela determinação da permeabilidade vascular e da dosagem de mieloperoxidase. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
NOGUEIRA, MATEUS ANTUNES; MENDONCA COELHO, ANA MARIA; SAMPIETRE, SANDRA NASSA; PATZINA, ROSELY ANTUNES; DA SILVA, FABIANO PINHEIRO; CARNEIRO D'ALBUQUERQUE, LUIZ AUGUSTO; CESAR MACHADO, MARCEL CERQUEIRA. Beneficial effects of adenosine triphosphate-sensitive K+ channel opener on liver ischemia/reperfusion injury. WORLD JOURNAL OF GASTROENTEROLOGY, v. 20, n. 41, p. 15319-15326, NOV 7 2014. Citações Web of Science: 10.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.