Busca avançada
Ano de início
Entree

Envolvimento da imunidade inata e de fatores placentários na fisiopatologia da pré-eclâmpsia

Processo: 10/20207-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2011 - 31 de março de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Aplicada
Pesquisador responsável:Maria Terezinha Serrão Peraçoli
Beneficiário:Maria Terezinha Serrão Peraçoli
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Pesq. associados:Camila Ferreira Bannwart Castro ; Jose Carlos Peraçoli
Bolsa(s) vinculada(s):11/10832-8 - Análise imunoistoquímica de citocinas e de fatores pró e anti-angiogênicos em placenta de gestantes portadoras de pré-eclâmpsia, BP.TT
Assunto(s):Pré-eclâmpsia  Imunidade inata  Citocinas  Receptor ativador de fator nuclear kappa-B  Receptores toll-like  NF-kappa B 

Resumo

A pré-eclâmpsia é uma síndrome específica da gestação caracterizada por uma resposta inflamatória sistêmica, de maior intensidade do que a observada na gestação normal. Tem sido sugerido que esta patologia tem origem na placenta e, que fatores angiogênicos desempenham importante papel no desenvolvimento vascular durante a invasão trofoblástica e que citocinas de perfil Th2 podem estar envolvidas na manutenção da gestação. Os objetivos deste projeto são: 1) Avaliar o estado de ativação endógena de monócitos pela expressão de receptores TLR2 e TLR4, bem como da ativação do fator de transcrição nuclear NF-kB nessas células em gestantes portadoras de pré-eclâmpsia, classificada quanto à idade gestacional de aparecimento das manifestações clínicas da doença em pré-eclâmpsia precoce (< 34 semanas de gestação) ou pré-eclâmpsia tardia (e 34 semanas de gestação); 2) Correlacionar a expressão de TLR2 e TLR4 em monócitos de gestantes portadoras de pré-eclâmpsia precoce ou tardia com a produção de IL-10, IL-12 e TNF-alfa por essas células estimuladas com peptideogligano (PG) e lipopolissacáride (LPS), considerados agentes agonistas de TLR2 e TLR4 respectivamente; 3) Determinar a expressão de citocinas pró-inflamatórias (GM-CSF e TNF-alfa) e anti-inflamatórias (IL-10 e TGF-beta1), de fatores pró-angiogênicos (PIGF e VEGF), bem como de fatores anti-angiogênicos (Eng e sFlt1) em placentas de gestantes normais e com pré-eclâmpsia; 4) Verificar se os parâmetros estudados diferenciam pré-eclâmpsia precoce e tardia. Serão estudadas 48 gestantes, sendo 16 normotensas e 32 portadoras de pré-eclâmpsia, pareadas pela idade gestacional. Monócitos de sangue periférico obtidos de gestantes normais ou com pré-eclâmpsia serão cultivados na presença ou ausência de lipopolissacáride de Escherichia coli (LPS) ou de peptidoglicano (PG) de bactéria Gram-positiva. O sobrenadante obtido após 18h de cultivo será aspirado e empregado para dosagem das citocinas TNF-alfa, IL-10 e IL-12, pela técnica de ELISA. A expressão dos receptores TLR2 e TLR4 presentes na superfície dos monócitos será avaliada por citometria de fluxo, empregando-se anticorpos monoclonais específicos, marcados com fluorocromos logo após a coleta do sangue (expressão endógena dos receptores) ou após 18 h de incubação com LPS ou PG (expressão ativada). Um fragmento de placenta será obtido imediatamente após o parto e preparado para análise histopatológica, sendo os cortes histológicos de 4um de espessura colocados sobre lâmina histológica para coloração pelo método de Hematoxilina - Eosina (HE) e análise imunohistoquímica da expressão de GM-CSF, TNF-alfa, IL-10, TGF-beta1, PlGF, VEGF, sFlt1 e Endoglina por células do tecido placentário. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
NUNES, PRISCILA R.; ROMAO-VEIGA, MARIANA; PERACOLI, JOSE C.; ARAUJO COSTA, ROBERTO A.; DE OLIVEIRA, LEANDRO G.; BORGES, VERA THEREZINHA M.; PERACOLI, MARIA TEREZINHA. Downregulation of CD163 in monocytes and its soluble form in the plasma is associated with a pro-inflammatory profile in pregnant women with preeclampsia. IMMUNOLOGIC RESEARCH, v. 67, n. 2-3, p. 194-201, JUN 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.