Busca avançada
Ano de início
Entree

Rutina e succinato de rutina com potencial atividade fotoprotetora: avaliação da citotoxicidade e prospecção de eficácia

Processo: 09/52034-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2011 - 31 de março de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Análise e Controle de Medicamentos
Pesquisador responsável:Maria Valeria Robles Velasco
Beneficiário:Maria Valeria Robles Velasco
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Controle de medicamentos e entorpecentes  Toxicidade  Succinatos  Rutina  Protetores solares  Raios ultravioleta  Antioxidantes 

Resumo

O uso de fotoprotetores tem sido considerado importante tanto do ponto de vista de saúde pública, em função do aumento de incidência de casos de câncer de pele, como na área cosmética, pois com o aumento da expectativa de vida da população brasileira, existe o desejo de se manter a jovialidade da pele com o avançar da idade. A exposição à radiação ultravioleta conduz ao envelhecimento cutâneo, com inúmeras manifestações e o uso de fotoprotetores é considerado uma atitude preventiva que retarda seu aparecimento. Existe a preocupação dos formuladores em desenvolver fotoprotetores inovadores, de características sensoriais aceitáveis aos diversos tipos de peles e faixas etárias, com concentrações reduzidas de filtros químicos, visando menor incidência de efeitos adversos, aliada a eficácia elevada frente à radiação UVA-UVB. Dentro do contexto de utilização de produtos naturais nos produtos do mercado internacional e internacional, neste projeto serão utilizadas e avaliadas, comparativamente, a rutina e o succinato de rutina (sintetizada por técnica de "síntese orgânica limpa" e analisada nos parâmetros físico-químicos, químicos e de funcionalidade). Esta pesquisa envolverá a avaliação da toxicidade in vitro do succinato de rutina, visando seu uso seguro e avaliando a atividade antioxidante e a eficácia fotoprotetora estimada antiUVB, comparativamente à rutina, associada a filtros químicos em formulação de gel hidrófilo, forma de apresentação que atende nicho específico da população. A proposta apresenta amplitude em sua abordagem, atualidade com as necessidades do mercado cosmético nacional e internacional, potencial de aplicabilidade e agrega conceitos inovadores, incentivando a pesquisa científica de produtos bioativos da flora brasileira, o que coloca o Brasil em local de destaque no âmbito científico e mercadológico. (AU)