Busca avançada
Ano de início
Entree

Uso de swab conjuntival para detecção da leishmaniose canina por PCR

Processo: 11/00147-6
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2011 - 31 de março de 2013
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Trícia Maria Ferreira de Sousa Oliveira
Beneficiário:Trícia Maria Ferreira de Sousa Oliveira
Instituição Sede: Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA). Universidade de São Paulo (USP). Pirassununga , SP, Brasil
Pesquisadores associados:Rosangela Zacarias Machado ; Wilma Aparecida Starke Buzetti
Assunto(s):Leishmaniose visceral  Leishmania infantum  Cães  Técnicas e procedimentos diagnósticos  Reação em cadeia por polimerase (PCR)  Técnicas imunoenzimáticas 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Cães | diagnóstico | leishmania | Pcr | swab conjuntival | Zoonoses parasitárias

Resumo

As leishmanioses são enfermidades causadas por protozoários do gênero Leishmania, transmitidos a diferentes espécies de mamíferos por vetores. No Brasil, a espécie responsável pela forma mais grave da doença, a leishmaniose visceral, é a Leishmania (Leishmania) infantum chagasi, e os principais vetores são os flebotomíneos da espécie Lutzomyia longipalpis. Anteriormente descrita como uma enfermidade silvestre ou de ambiente rural, atualmente, observa-se um grande número de casos da doença em áreas urbanas. No ambiente doméstico, o cão é considerado o principal reservatório da leishmaniose visceral e, em consequência disso, é também o principal alvo das campanhas de controle da forma humana da doença. Os cães também sofrem com a doença, sendo que, uma vez iniciados os sinais clínicos nessa espécie, invariavelmente o animal vem a óbito. Porém, vários animais podem permanecer infectados pelo parasito, sem apresentar sinais clínicos por um longo período e transmitindo L. (L.) i. chagasi aos vetores. O diagnóstico laboratorial da leishmaniose pode ser feito por métodos diretos e indiretos, dentre os quais se destacam a pesquisa de parasitas em esfregaços de diferentes órgãos linfóides, a reação em cadeia pela polimerase (PCR), o cultivo in vitro do parasito e os métodos sorológicos como o ensaio imunoenzimático (ELISA) e a reação de imunofluorescência indireta (RIFI). A PCR tem alta sensibilidade e especificidade, dependendo da amostra de tecido utilizada. Amostras de medula óssea são mais sensíveis que de sangue total, entretanto a coleta de medula óssea é bem mais complexa. Alguns trabalhos mostram que a técnica não invasiva do swab conjuntival, na identificação por PCR de animais infectados por Leishmania sp, tem boa especificidade e sensibilidade, mas essa técnica ainda é pouco utilizada no diagnóstico de rotina. O projeto proposto pretende verificar e comparar o uso de amostras de swab conjuntival para a realização da PCR com a PCR de sangue total e RIFI e determinar a prevalência sorológica e molecular de animais positivos em Ilha Solteira-SP. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas (6)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BENASSI, JULIA CRISTINA; BENVENGA, GRAZIELLA U.; FERREIRA, HELENA LAGE; PEREIRA, VANESSA F.; KEID, LARA B.; SOARES, RODRIGO; FERREIRA DE SOUSA OLIVEIRA, TRICIA MARIA. Detection of Leishmania infantum DNA in conjunctival swabs of cats by quantitative real-time PCR. Experimental Parasitology, v. 177, p. 93-97, . (11/00147-6)
BENASSI, JULIA C.; BENVENGA, GRAZIELLA U.; FERREIRA, HELENA L.; SOARES, RODRIGO M.; SILVA, DIOGO T.; PEREIRA, VANESSA F.; RUIZ, VERA LETTICIE A.; OLIVEIRA, TRICIA MARIA F. DE S.. Detecção molecular e sorológica de infecção por Leishmania (Leishmania) infantum em cavalos na região Sudeste do Brasil. Pesquisa Veterinária Brasileira, v. 38, n. 6, p. 1058-1063, . (11/00147-6, 13/19821-4)
VERDE OLIVEIRA ROCHA, ANA VITORIA; SODRE MORENO, BRENDA FERNANDA; CABRAL, ALINE DINIZ; LOUZEIRO, NAYARA MENDES; MIRANDA, LEANDRO MACEDO; BRANDAO DOS SANTOS, VIVIAN MAGALHAES; COSTA, FRANCISCO BORGES; SEABRA NOGUEIRA, RITA DE MARIA; MARCILI, ARLEI; SPERANCA, MARCIA APARECIDA; et al. Diagnosis and epidemiology of Leishmania infantum in domestic cats in an endemic area of the Amazon region, Brazil. Veterinary Parasitology, v. 273, p. 80-85, . (13/26096-4, 11/00147-6, 16/14514-4, 10/50886-7)
FERREIRA DE SOUSA OLIVEIRA, TRICIA MARIA; PEREIRA, VANESSA FIGUEREDO; BENVENGA, GRAZIELLA ULBRICHT; ALVES MARTIN, MARIA FERNANDA; BENASSI, JULIA CRISTINA; DA SILVA, DIOGO TIAGO; STARKE-BUZETTI, WILMA APARECIDA. Uso da PCR de suabe conjuntival para detecção de Leishmania spp. em gatos. Revista Brasileira de Parasitologia Veterinária, v. 24, n. 2, p. 220-222, . (11/00147-6)
FERREIRA DE SOUSA OLIVEIRA, TRICIA MARIA; PEREIRA, VANESSA FIGUEREDO; BENVENGA, GRAZIELLA ULBRICHT; ALVES MARTIN, MARIA FERNANDA; BENASSI, JULIA CRISTINA; DA SILVA, DIOGO TIAGO; STARKE-BUZETTI, WILMA APARECIDA. Conjunctival swab PCR to detect Leishmania spp. in cats. REVISTA BRASILEIRA DE PARASITOLOGIA VETERINARIA, v. 24, n. 2, p. 3-pg., . (11/00147-6)
PEREIRA, VANESSA FIGUEREDO; BENASSI, JULIA CRISTINA; STARKE-BUZETTI, WILMA APARECIDA; SILVA, DIOGO TIAGO; FERREIRA, HELENA LAGE; KEID, LARA BORGES; SOARES, RODRIGO MARTINS; DE AZEVEDO RUIZ, VERA LETTICIE; FERREIRA DE SOUSA OLIVEIRA, TRICIA MARIA. Detection of canine visceral leishmaniasis by conjunctival swab PCR. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, v. 49, n. 1, p. 104-106, . (11/00147-6)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.