Busca avançada
Ano de início
Entree

Padronização e avaliação de PCR multiplex para o diagnóstico de Escherichia coli enteroagregativa típica e atípica

Processo: 10/19515-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de maio de 2011 - 30 de abril de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Biologia e Fisiologia dos Microorganismos
Pesquisador responsável:Waldir Pereira Elias Junior
Beneficiário:Waldir Pereira Elias Junior
Instituição-sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Escherichia coli  Bacteriologia  Reação em cadeia da polimerase multiplex  Reação em cadeia por polimerase (PCR) 

Resumo

Escherichia coli enteroagregativa (EAEC) é considerada um enteropatógeno emergente, caracterizada pela expressão do padrão de adesão agregativa (AA) em células epiteliais cultivadas. Vários potenciais fatores de virulência associados à EAEC têm sido descritos, entretanto a patogênese da diarréia causada por este patótipo não está esclarecida. Vários destes fatores são codificados por genes localizados no plasmídeo de virulência de EAEC (pAA), incluindo o gene aggR, que codifica uma proteína reguladora de vários fatores de virulência de EAEC. A classificação de EAEC em típica e atípica se baseia na presença ou ausência do gene aggR, respectivamente. O padrão AA, demonstrado em células HeLa ou HEp-2, é usado como diagnóstico padrão para a classificação de EAEC, uma vez que não há um determinante genético comum para todas as amostra deste patótipo. Entretanto, esta técnica é dispendiosa, demorada e necessita de infra-estrutura específica. Como alternativa, técnicas moleculares de diagnóstico de EAEC começaram a ser desenvolvidas, como a PCR multiplex empregando a detecção simultânea de marcadores plasmidiais (aatA, aggR, aap ou astA) ou plasmidiais e cromossômicos (aatA, astA e aaiA). Esses ensaios detectam principalmente marcadores de virulência plasmidiais, não diagnosticando EAEC atípica. Além disso, vários desses marcadores não são específicos para EAEC (aap e astA), ou sua especificidade não foi determinada (aaiA). Desta forma, o presente estudo visa padronizar e avaliar a especificidade e sensibilidade de uma PCR multiplex de detecção de genes plasmidiais e cromossômicos, para o diagnóstico molecular de EAEC típica e atípica. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ANDRADE, FERNANDA B.; GOMES, TANIA A. T.; ELIAS, WALDIR P. A sensitive and specific molecular tool for detection of both typical and atypical enteroaggregative Escherichia coli. Journal of Microbiological Methods, v. 106, p. 16-18, NOV 2014. Citações Web of Science: 8.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.