Busca avançada
Ano de início
Entree

Bloqueio periconal guiado por ultrassom

Processo: 10/19556-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de maio de 2011 - 30 de abril de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Cirurgia
Pesquisador responsável:Paulo Do Nascimento Junior
Beneficiário:Paulo Do Nascimento Junior
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Procedimentos cirúrgicos oftalmológicos  Anestesiologia 

Resumo

Justificativa e objetivo(s): O bloqueio periconal é uma técnica anestésica muito utilizada em cirurgias oftalmológicas. Atualmente, a anestesia regional guiada por ultrassom (US) vem sendo muito utilizada. Porém, são escassos os relatos na literatura sobre a realização de bloqueios oftalmológicos guiados por US. A região ocular possui características ideais para a realização de imagem ultrassonográfica já que o olho é estrutura de fácil acesso, sua geometria e estruturas adjacentes são relativamente simples e o tecido que contém a órbita é livre da presença de gás e de estruturas ósseas. Pretende-se com esta pesquisa aprimorar a técnica guiada por imagem em tempo real, para que a mesma possa ser utilizada futuramente com segurança em pacientes com anormalidades que elevam a chance de perfuração do globo ocular quando a técnica é realizada às cegas. Objetiva-se com isso, verificar a viabilidade, praticidade e segurança do bloqueio periconal (BP) guiado por US. Assim, torna-se necessário estudo comparativo entre as técnicas, com utilização do US em tempo real e após o bloqueio às cegas, para que se elucide o real beneficio do US como guia em bloqueios oftalmológicos em relação à ocorrência de complicações.Métodos: Trata-se de estudo prospectivo observacional. Após aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa da UNIRIO, assim como a obtenção dos consentimentos informados, pacientes ASA I ou II portadores de catarata e, portanto com indicação cirúrgica de facectomia com implante de lente intra-ocular, serão considerados para o estudo. Serão excluídos do estudo, pacientes portadores de olho único, em situações emergenciais, não colaborativos e alto míopes (comprimento axial maior que 26 mm) com presença de estafiloma. Uma amostra de 30 pacientes, alocados de forma aleatória em dois grupos, será estudada. A técnica anestésica consistirá na realização de bloqueio periconal com ou sem o auxilio do US no olho a ser operado, em pacientes na vigência de sedação venosa leve, após monitorização adequada. Assim, de acordo com a divisão em grupos, o bloqueio periconal com a utilização de agulha hipodérmica 25x0,6mm e injeção de solução anestésica contendo 5 mL de Bupivacaína 0,75% associada a Hyalozima 40UI/ml, poderá ser guiado por imagem ultrassonográfica em tempo real ou ser realizado às cegas com confirmação do posicionamento da agulha, posteriormente, pelo US. O aparelho de US que será utilizado no estudo é o DGH Scanmate-B Modelo 8000 Versão 2.10.3 / Probe DLL Versão: 00.61. Resolução: Eletrônica, 0,015 mm; Clinica, < 0,1 mm. As características físicas desse aparelho estão de acordo com as recomendações do Food And Drug Administration (FDA) e Health Canada (índice mecânico de ondas ultrassonograficas < 23 e índice termal máximo de 1). (AU)