Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência da administração de prebióticos e probióticos na histopatologia e expressão gênica de fatores reguladores da lipogênese e beta-oxidação hepática em ratos hipercolesterolêmicos

Resumo

Doença hepática gordurosa não-alcoólica (DHGNA) está relacionada ao acúmulo excessivo de gordura nos hepatócitos, sem o consumo exagerado de álcool (Esposito E et al., 2009). Atualmente, a DHGNA é uma das principais causas de doença hepática crônica nos países ocidentais e sua prevalência tem aumentado nos demais países devido ao processo de globalização que permite maior consumo de dietas ocidentais. A DHGNA está associada com desordens metabólicas como obesidade (Dunn W et al., 2008), diabetes mellito tipo 2 (Day CP., 2002) e dislipidemia (Farrell GC et al., 2006). A esteatose hepática pode ser decorrente do acúmulo de lipídios hepáticos resultado da diminuição da beta-oxidação de ácidos graxos e do aumento de ácidos graxos livres no fígado que colaboram com a lipogênese hepática (Donnelly KL et al., 2005). O controle do metabolismo lipídico é um processo complexo que envolve a expressão coordenada de diferentes genes. A expressão desses genes pode ser regulada por meio de receptores nucleares, entre eles os Receptores Ativados por Proliferadores de Peroxissomas (PPARs) que desempenham importante função no metabolismo lipídico quando ativados por ácidos graxos e seus derivados (Bocher et al., 2002). A beta-oxidação tem como fator limitante a enzima camitina palmitoil transferase 1 (CPT-1) que determina a intensidade da beta-oxidação mitocondrial hepática (Donnelly Kl et al., 2005). Proteínas ligadoras do elemento regulado por esteróis (SREBPs) são importantes fatores de transcrição ligados à membrana que regulam a homeostase de colesterol hepático. O SREBP-1c representa o modulador principal do metabolismo hepático de glicose e triglicerídeos e esta atividade pode estar envolvida no acúmulo de lipídios na DHGNA (Duvnjak M et al., 2007). Atua na ativação de genes lipogênicos como o ácido graxo sintase (sintase fatty acid - FAS), a enzima málica (malic ezyme - ME) e a glicose 6 fosfato dehidrogenase (G6PDH) que contém elementos reguladores de esterol nas regiões promotoras. O objetivo do presente estudo é avaliar o efeito da oferta de prebióticos e probióticos na histopatologia e expressão de genes relacionados a beta-oxidação e lipogênese hepática de ratos submetidos a indução de hipercolesterolemia. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DOS SANTOS, ANGELICA CARREIRA; RIBEIRO, DANIEL ARAKI; DA CRUZ FERREIRA, JESSICA ALMEIDA; AGUIAR, ODAIR; WAITZBERG, DAN LINETZKY; ALVES, CLAUDIA CRISTINA. Inflammatory gene expression analysis after prebiotic, probiotic and synbiotic supplementation in experimental nonalcoholic fatty liver disease. NUTRITION & FOOD SCIENCE, v. 49, n. 1, p. 75-84, FEB 11 2019. Citações Web of Science: 0.
ALVES, CLAUDIA C.; WAITZBERG, DAN L.; DE ANDRADE, LAILA S.; AGUIAR, LAIS DOS SANTOS; REIS, MILENE B.; GUANABARA, CAMILA C.; JUNIOR, ODAIR A.; RIBEIRO, DANIEL A.; SALA, PRISCILA. Prebiotic and Synbiotic Modifications of Beta Oxidation and Lipogenic Gene Expression after Experimental Hypercholesterolemia in Rat Liver. FRONTIERS IN MICROBIOLOGY, v. 8, OCT 17 2017. Citações Web of Science: 6.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.