Busca avançada
Ano de início
Entree

Processo de imobilização e destruição de fibras de amianto

Resumo

Este trabalho tem como objetivo a destruição de materiais inorgânicos fibrosos (por exemplo amianto e fibras de vidro) utilizando-se soluções comerciais de sal de Graham (polifosfato de sódio) e aquecimento. O método proposto envolve o tratamento de fibras de amianto, ou materiais contendo amianto, ou fibras de vidro com solução de sal de Graham. Deste modo, permite-se o seu manuseio e transporte sem o seu desfibramento ou dispersão no ambiente, eliminando os problemas associados à sua inalação. O método permite, também, a destruição do amianto ou das fibras de vidro, em temperatura de 580.C a 800.C, pela formação de vitrocerâmica ou subsequentes tratamentos a 100.C a 500.C, seguido de moagem e adição de água. A vantagem em seu utilizar soluções de polifosfato de sódio reside no grande poder de molhabilidade das fibras de amianto ou das fibras de vidro e na capacidade de atuar como fundente. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)
Patente(s) depositada(s) como resultado deste projeto de pesquisa

PROCESSO PARA TRATAMENTO DE FIBRAS DE AMIANTO, FIBRA DE AMIANTO TRATADA, PRODUTO E SEUS USOS PI0205322-5 - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) . Marco Antonio Utrera Martines; Younes Messaddeq; Pierre Vast - Passeport; Sidney José Lima Ribeiro - 27 de dezembro de 2002