Busca avançada
Ano de início
Entree

Instrumentação da linha SAXS2 do LNLS: aplicações da técnica de SAXS ao estudo de materiais nanoestruturados, polímeros densos e sistemas biológicos

Processo: 04/09447-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa Equipamentos Multiusuários
Vigência: 01 de abril de 2005 - 30 de junho de 2009
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:Iris Concepcion Linares de Torriani
Beneficiário:Iris Concepcion Linares de Torriani
Instituição-sede: Instituto de Física Gleb Wataghin (IFGW). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Biofísica  Materiais nanoestruturados  Polímeros (materiais) 
As informações de acesso ao Equipamento Multiusuário são de responsabilidade do Pesquisador responsável
Página web do EMU: Página do Equipamento Multiusuário não informada
Tipo de equipamento: Tipo de Equipamento Multiusuário não informado
Fabricante: Fabricante não informado
Modelo: Modelo não informado

Resumo

Este projeto tem como objetivo principal a aquisição da instrumentação necessária para completar a estação de trabalho da nova linha de luz SAXS2 dedicada a experiências de espalhamento e difração de raios X a baixos ângulos do LNLS. A geometria e faixa de energia nas quais esta linha da luz deve operar (óptica de focalização, 06-12 KeV) serão similares àquelas da linha SAXS1 atualmente funcionando no LNLS e construída em 1993-1996 através de um projeto temático FAPESP (#92/00605-5 - Coord. I.L. Torriani). A performance da nova linha SAXS2, entretanto, está projetada para alcançar um alto nível de eficiência e resolução, de acordo com a instrumentação atualmente disponível em laboratórios de luz sincrotron no exterior. A construção da linha de luz foi iniciada em 2003 seguindo projetos desenvolvidos no LNLS e está sendo instalada na saída do dipolo D02A do anel de elétrons. Os componentes ópticos já foram construídos e o comissionamento da linha de luz depende em grande parte da instrumentação que está sendo solicitada através deste projeto. As aplicações do espalhamento de raios X que formam parte deste plano de trabalho visam o estudo de materiais poliméricos e nanoestruturados cujas propriedades em geral estão intimamente ligadas a sua estrutura. A pesquisa em sistemas biológicos que também está sendo proposta no projeto promete ser de grande valor, já que a obtenção de parâmetros dimensionais e de forma das proteínas em solução nos proporciona informação sobre sua estrutura tridimensional. Experiências in situ usando espalhamento de raios X a baixo ângulo que também estão sendo propostas permitirão estudar a estabilidade e a interação de proteínas e membranas com drogas e agentes denaturantes, acompanhando o processo em tempo real. Os resultados serão muito importantes no estudo de processos biológicos. (AU)