Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação dos mecanismos adaptativos do miocárdio durante sobrecarga pressórica induzida com o uso de cerclagem externa do tronco da artéria pulmonar: estudo da proliferação celular

Processo: 04/08825-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa Equipamentos Multiusuários
Vigência: 01 de abril de 2005 - 31 de março de 2007
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Anatomia Patológica e Patologia Clínica
Pesquisador responsável:Vera Demarchi Aiello
Beneficiário:Vera Demarchi Aiello
Instituição-sede: Instituto do Coração Professor Euryclides de Jesus Zerbini (INCOR). Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Cardiopatias congênitas  Hiperplasia  Hipertrofia  Proliferação celular  Equipamentos e provisões  Laboratórios multiusuários 
As informações de acesso ao Equipamento Multiusuário são de responsabilidade do Pesquisador responsável
Página web do EMU: Página do Equipamento Multiusuário não informada
Tipo de equipamento: Tipo de Equipamento Multiusuário não informado
Fabricante: Fabricante não informado
Modelo: Modelo não informado

Resumo

A Transposição das Grandes Artérias constitui-se numa anomalia cardíaca congênita onde a conexão ventrículo - arterial 6 discordante. Assim, estabelecem-se duas circulares paralelas. Se a correção cirúrgica não for realizada no período neonatal, o ventrículo pulmonar (anatomicamente o VE) sofre diminuição gradativa na espessura de suas paredes após perder o "padrão fetal", o que inviabiliza a correção cirúrgica "anatômica" (Cirurgia de Jatene). Para contornar o problema, pode-se realizara cirurgia em duas etapas, preparando o VE para atuar como ventrículo sistêmico. O preparo se faz obstruindo-se a via de salda ventricular por meio de bandagem do tronco pulmonar, causando sobrecarga de pressão que tem como resposta um aumento da massa muscular. Não etá completamente elucidado se o aumento de massa se dá apenas por hipertrofia ou também por aumento do número de células. Serão estudados, experimentalmente, dois tipos de preparo do ventrículo pulmonar através da cerclagem do tronco pulmonar de caprinos Jovens: contínuo e intermitente. Os grupos serão analisados histologicamente e comparado quanto à presença ou não de hiperplasia, através de marcadores de proliferação celular (Ki67). A metodologia inclui marcação imuno-histoquímica do tecido miocárdico e análise em microscópico óptico convencional. Após discussão sobre especificidade da marcação por mais de um observador, as células miocárdicas e intersticiais marcadas serão quantificadas. Serão também avaliadas quantitativamente a fibrose intersticial e a espessura dos cardiomiócitos e de seus núcleos. (AU)