Busca avançada
Ano de início
Entree

Produção e avalição biológica de substâncias naturais: modulações das respostas imunes inata e adquirida por leucotrienos e prostaglandianas

Processo: 04/09448-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa Equipamentos Multiusuários
Vigência: 01 de abril de 2005 - 31 de março de 2007
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia
Pesquisador responsável:Lúcia Helena Faccioli
Beneficiário:Lúcia Helena Faccioli
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Bothrops  Leucotrienos  Prostaglandinas  Citocinas  Inflamação 
As informações de acesso ao Equipamento Multiusuário são de responsabilidade do Pesquisador responsável
Página web do EMU: Página do Equipamento Multiusuário não informada
Tipo de equipamento: Tipo de Equipamento Multiusuário não informado
Fabricante: Fabricante não informado
Modelo: Modelo não informado

Resumo

O ácido araquidônico (AA) liberado por diferentes células, poda ser metabolizado pelas enzimas cicloxigenases 1 e 2 (COX-1 e COX2) ou ainda por uma das várias lipoxigenases, entre elas a 5-lipoxigenase (5-LO), originando prostaglandinas e leucotrienos respectivamente. As PGs induzem dor, vasodilatação, aumento da permeabilidade vascular, febre e regulam a produção de citocinas e o processo inflamatório. Por outro lado, algumas citocinas podem regular a produção das PGs, o que aumenta a importância de se estudar a inter-relação entre estes mediadores e as citocinas, que das respostas imunes inata e adquirida. Os leucotrienos induzem recrutamento de leucócitos, extravasamento de plasma, secreção de muco, relaxamento vascular, vasoconstrição e broncoconstrição em processos inflamatórios, infecciosos ou alérgicos. Além disso, têm Importante papel modulador na síntese e liberação de citocinas que participam das respostas imune inata e adquirida, da ativação celular e/ou produção de anticorpos, modulam a fagocitose de microrganismos e são essenciais na resposta imune na histoplasmose. Com o intuito de ampliarmos os estudos sobre papel imuno regulador dos metabólitos do AA, temos como objetivos neste projeto temático Investigar a participação dos leucotrienos e/ou das prostaglandinas (i) na proteção induzida por um exoantígeno de H. capsulatum; (ii) na infecção pelo Strongyloides venezuelensis; (iii) na liberação de citocinas e produção de imunoglobulinas na toxocarfase; (iv) na infecção pelo Mycobacterium tuberculosis; (v) na tolerância oral. Além disso, iremos desenvolver formulação com microesferas e nanoparticulas, contendo leucotrienos e/ou prostaglandinas para serem administradas In vivo. Esta é uma proposta inovadora que além de contribuir para o entendimento do papel imunomodulador destes mediadores, poderá também auxiliar no desenvolvimento de tecnologia que permita o emprego de leucotrienos e PGs para o tratamento das infecções e parasitoses. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GRASSI, MARIANA LOPES; PALMA, CAMILA DE SOUZA; THOME, CAROLINA HASSIBE; LANFREDI, GUILHERME PAUPERIO; POERSCH, ALINE; FACA, VITOR MARCEL. Proteomic analysis of ovarian cancer cells during epithelial-mesenchymal transition (EMT) induced by epidermal growth factor (EGF) reveals mechanisms of cell cycle control. JOURNAL OF PROTEOMICS, v. 151, n. SI, p. 2-11, JAN 16 2017. Citações Web of Science: 16.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.