Busca avançada
Ano de início
Entree

Uso racional de produtos fitossanitários nas culturas de citros e café

Processo: 06/04715-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2007 - 31 de janeiro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:Carlos Gilberto Raetano
Beneficiário:Carlos Gilberto Raetano
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Citricultura  Citrus  Frutas cítricas  Cafeicultura  Café 

Resumo

RESUMO E JUSTIFICATIVA PARA A COMPOSIÇÃO EM DOIS SUB-PROJETOS:O uso inadequado dos produtos fitossanitários nas culturas agrícolas anual ou perene tem sido motivo de preocupação dos fabricantes de equipamentos e produtos químicos, dos consumidores pela busca de produtos agrícolas mais saudáveis e com o mínimo de resíduo e, de maneira geral, da sociedade por exigir menor contaminação ambiental. Tanto na cafeicultura quanto na citricultura é usual a aplicação de volumes de calda crescentes na tentativa de solucionar os problemas fitossanitários, no entanto este procedimento tem se constituído em motivo de restrição a entrada de produtos agrícolas na Europa e outros centros importadores pelos excessivos níveis de resíduos, especialmente em frutos ou alimentos processados. Face a necessidade premente do uso racional dos produtos fitossanitários nessas culturas visando a obtenção de produtos ou subprodutos de melhor qualidade e garantindo suas exportações a outros mercados justifica a realização deste projeto de pesquisa. Assim, dividiu-se o desenvolvimento desse projeto de pesquisa em dois subprojetos envolvendo o uso dos produtos fitossanitários com reduções nos volumes de calda para o controle de probemas fitossanitários distintos: a) Subprojeto1: Influência do volume de calda na distribuição da pulverização em frutos, toxicidade e controle de broca (Hipothenemus hampei F.) no cafeeiro (Coffea arabica L.); Medidas restritivas à importação do café processado com níveis significativos de resíduos de produtos químicos, aliado a falta de produtos alternativos ao endossulfan e eficazes no controle da broca-do-cafeeiro são motivos suficientes para o desenvolvimento dessa pesquisa. e b) Subprojeto 2: Interferência da poda na distribuição e cobertura de calda acaricida e no controle do ácaro da leprose (Brevipalpus phoenicis, Geijskes, 1939) em plantas de cítricas. Especificamente na cultura dos citros sempre houve a preocupação de adequação do equipamento à configuração das copas das plantas e, na maior parte das vezes, esse procedimento não tem favorecido a redução do volume de aplicação. Portanto, a adoção de podas de formação já utilizadas na África do Sul e outros países europeus constitui importante medida auxiliar no controle de insetos-pragas e ácaros-pragas que habitam a parte interna da copa com possibilidade de obter significativa redução no volume de aplicação e, dessa maneira, produzir produtos mais saudáveis com menor contaminação do ambiente. Em ambos projetos propõem-se avaliar qualitativamente a pulverização nos frutos de café ou citros pelo uso de equipamento de análise de imagem 3-D, desenvolvido especificamente para tal, garantindo maior precisão na obtenção dos resultados da cobertura de pulverização, com implicação na indicação segura de menores volumes de calda nessas cultura assegurando níveis satisfatórios de controle das pragas alvo no Manejo dessas culturas. (AU)