Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo fitoquímico do enxerto de Azadirachta indica sobre Melia azedarach: quantificação de substâncias inseticidas

Resumo

O projeto visa o estudo do enxerto de Azadirachta indica sobre Melia azedarach. A Azadirachta indica é uma planta de origem asiática, com propriedades nos mais diversos campos de conhecimento (medicina, agropecuária, outros), introduzida no Brasil em 1986 estando hoje presente em grandes monoculturas em diversas regiões do país. Com o enxerto, se busca uma planta adaptada às regiões mais frias do país onde o pé franco da Azadirachta indica não encontra as condições apropriadas para seu desenvolvimento. Com este projeto, busca-se uma resposta para sua viabilidade comercial, através do estudo fito-químico (qualitativo) através do isolando de metabólitos secundários da planta identificando possíveis ou não modificações H em seu metabolismo e também através estudo quantitativo dos principais compostos ativos, a azadirachtina A e B. Além destes, há o objetivo de desenvolver um método para a quantificação destes compostos em óleos comerciais, sendo este controle de qualidade, uma carência no mercado. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)
Patente(s) depositada(s) como resultado deste projeto de pesquisa

MÉTODO PARA QUANTIFICAÇÃO DAS AZADIRACHTINAS A E B EM SEMENTES E ÓLEOS COMERCIAIS DE AZADIRACHTA INDICA PI0700034-0 - Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR) . Moacir Rossi Forim; Maria Fátima das Graças Fernandes da Silva; Quezia Bezerra Cass; João Batista Fernandes; Paulo Cesar Vieira; Artur Placeres Neto; Regina Vincenzi Oliveira - 11 de janeiro de 2007