Busca avançada
Ano de início
Entree

Usos de mutantes de inibidores de proteases derivados do barbeiro Triatoma infestans na produção de hemoderivados, clínicos e diagnósticos

Processo: 05/00391-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa de Apoio à Propriedade Intelectual (PAPI/Nuplitec)
Vigência: 01 de setembro de 2005 - 31 de agosto de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Química de Macromoléculas
Pesquisador responsável:Aparecida Sadae Tanaka
Beneficiário:Aparecida Sadae Tanaka
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:02/13960-8 - Estudos de estrutura e funcao de anti-hemostaticos presentes em artropodes hematofagos., AP.R
Assunto(s):Inflamação  Diagnóstico clínico  Inibidores de proteases  Triatoma  Imunogenicidade  Patentes 

Resumo

A infestina 4 é um inibidor de fator XIIa e fator Xa presente em estômago do inseto T. infestans. Este inibidor foi utilizado como molécula molde na geração de mutantes por Phage display. Diferentemente da infestina 4 nativa, o mutante 15 apresentou uma afinidade de aproximadamente 750 vezes maior para fator XIIa do que para tripsina. E não apresentou inibição para trombina, fator Xa, calicreína plasmática humana, plasmina, t-PA, u-PA, elastase de neutrófilos humanos, quimotripsina e calicreína plasmática de porco, demonstrando a sua alta especificidade. Assim, até o presente momento, não há inibidores de fator XIIa tão potentes ou específicos como os mutantes de infestina 4 (inf mut 4). Paralelamente, a infestina 4 selvagem apresentou baixa imunogenicidade quando injetada com adjuvantes em camundongos Balb-C para a produção de anticorpos, o que pode ser semelhante para os mutantes selecionados. Assim, o presente inibidor de fator XIIa apresenta um grande potencial de uso não apenas clinicamente e em intervenções cirúrgicas como na circulação extracorpórea e também no desenvolvimento de metodologias de análises sanguíneas como no monitoramento em tempo real do estado hemostático de pacientes. (AU)

Patente(s) depositada(s) como resultado deste projeto de pesquisa

USO DE INIBIDORES DE PROTEASES ISOLADOS DO TRIATOMA INFESTANS PI0602496-3 - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) ; Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) . Ivan Torres Nicolau de Campos; Aparecida Sadae Tanaka - 03 de julho de 2006