Busca avançada
Ano de início
Entree

EMU: aquisição de plataformas automatizadas para análise e fotodocumentação de ensaios de cristalização de macromoléculas biológicas e varredura de compostos bioativos em alta performance

Processo: 09/54077-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa Equipamentos Multiusuários
Vigência: 01 de agosto de 2010 - 31 de julho de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Biofísica - Biofísica Molecular
Pesquisador responsável:Iris Concepcion Linares de Torriani
Beneficiário:Iris Concepcion Linares de Torriani
Instituição-sede: Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM). Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Brasil). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Química orgânica  Macromolécula  Cristalização  Substâncias bioativas 
Publicação FAPESP:http://media.fapesp.br/bv/uploads/publicacoes/emu_bio_41.pdf
As informações de acesso ao Equipamento Multiusuário são de responsabilidade do Pesquisador responsável
Página web do EMU: Página do Equipamento Multiusuário não informada
Tipo de equipamento: Tipo de Equipamento Multiusuário não informado
Fabricante: Fabricante não informado
Modelo: Modelo não informado

Resumo

Este projeto tem como principal objetivo complementar a instrumentação necessária para atingir a total automatização e eficiência na cristalização e realização de bio-ensaios de macromoléculas biológicas. O Centro de Biologia Molecular Estrutural (CeBiME) está equipado com toda a infraestrutura necessária para clonar, expressar e purificar proteínas, assim como desenvolver ensaios de cristalização, sendo este último parcialmente auto matizado. A automação e miniaturização do processo de cristalização permitem testar milhares de condições para o crescimento de cristais de forma rápida e eficiente. Um sistema de identificação, fotodocumentação e análise remota de cristais é imprescindível para compatibilizar os ganhos substanciais de tempo com a cristalização automatizada. O Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS) conta com duas linhas de luz dedicadas a cristalografia de proteínas. Isto nos coloca num lugar bastante privilegiado no país e no continente e nos permite a realização de experiências competitivas a nível mundial. Com a instrumentação existente na fonte de luz síncrotron, em particular uma linha de wiggler, a resolução de estruturas de macromoléculas biológicas poderia alcançar níveis bem maiores que os atingidos até o momento. O processo de cristalização é reconhecido como um verdadeiro gargalo nos avanços da Biologia Molecular Estrutural, e portanto, se torna essencial direcionar esforços para vencer esta barreira. A possibilidade de realizar ensaios in-situ é de grande importância também para pesquisas sobre interações entre proteínas e inibidores, visando aplicações na área de identificação de compostos bioativos. Consequentemente, esta proposta contempla a aquisição de um sistema de análise e documentação de cristais proteicos, que permite a visualização e fotodocumentação dos ensaios. Um sistema de leitura de placas que permita a varredura automatizada de compostos bioativos em larga escala complementaria este equipamento, para poder alcançar um patamar de produção de amostras condiscente com os métodos de análise estrutural disponíveis no LNLS. (AU)