Busca avançada
Ano de início
Entree

EMU: equipamento multiusuário para análise multiparamétrica em modelos celulares com potencial uso na identificação de alvos terapêuticos e de toxicantes / In Cell Analizer 2000

Processo: 09/54222-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa Equipamentos Multiusuários
Vigência: 01 de novembro de 2010 - 31 de outubro de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Maria José Soares Mendes Giannini
Beneficiário:Maria José Soares Mendes Giannini
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Farmacologia  Biologia celular  Células tumorais  Toxicologia 
Publicação FAPESP:http://media.fapesp.br/bv/uploads/publicacoes/emu_saude_67.pdf
As informações de acesso ao Equipamento Multiusuário são de responsabilidade do Pesquisador responsável
Página web do EMU: Página do Equipamento Multiusuário não informada
Tipo de equipamento: Tipo de Equipamento Multiusuário não informado
Fabricante: Fabricante não informado
Modelo: Modelo não informado

Resumo

O projeto visa aquisição do equipamento "In Cell Analizer 2000' que é capaz de realizar análises multiparamétricas em: modelos celulares em grande escala, em tempo real tanto em material fixado quanto em sistemas in vivo. É um sistema para análise de um grande volume de dados e por este motivo enquadra-se como equipamento para High Content Analysis (HCA). Este projeto contemplará estudos que avaliarão em tempo real a interação fungo-hospedeiro determinando vários parâmetros como ativação de diferentes vias de sinalização, citolocalização de proteínas e estudos funcionais; a prospecção e identificação de moléculas com potencial terapêutico e do efeito de diferentes toxicantes; avaliação de biocompatibilidade de diferentes materiais; estudos básicos de transcrição celular e de marcadores moleculares tumorais; avaliação de risco de compostos comprovadamente tóxicos/genotóxicos; ensaios de toxicidade em modelos celulares para avaliar dose resposta, entre outras propostas que utilizam células. As análises podem ser realizadas em tempo real com imagens de alta qualidade e pode-se utilizar múltiplos marcadores em uma mesma amostra, proporcionando acurácia e rapidez na obtenção de múltiplos parâmetros celulares, diferentes, ao mesmo tempo. A interpretação dos dados fornecidos é facilitada por um pacote de "softwares" que contém ferramentas multifuncionais que pode ser utilizado em rede compartilhada entre laboratórios multiusuários centralizados e associados, atendendo a uma das "Facilities" da UNESP. A verba para construção desta central foi obtida no Projeto infraestrutura da FINEP, bem como parte dos equipamentos, incluindo um sistema de espectrometria de massa MALDI-TOF-TOF. Esta aquisição é fundamental, para fortalecer o ambiente de pesquisa integrado, para alavancar as pesquisas nos vários campos de atuação em que se insere este projeto, bem como suprir a central analítica formalizada no Campus de Araraquara e que terá o papel de ampliar e integrar a capacidade de pesquisa da UNESP, em nível de Interunidades e campi da universidade, bem como de outras universidades. Por outro lado deverá também atender a integração inter áreas e especialidades, buscando a transdisciplinaridade. (AU)