Busca avançada
Ano de início
Entree

Mecanismo de ação de fosfolipases A2 na quimiotaxia in vitro de neutrófilos humanos

Processo: 00/07699-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2000 - 31 de dezembro de 2002
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Geral
Pesquisador responsável:Edson Antunes
Beneficiário:Edson Antunes
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Fosfolipases A  Neutrófilos  Quimiotaxia  Proteoglicanas 

Resumo

De modo geral, o presente projeto tem como objetivo entender os mecanismos pelos quais as fosfolipases A2 secretadas ativam o neutrófilo humano promovendo a quimiotaxia in vitro dos mesmos. Para tanto, pretendemos abordar as seguintes hipóteses: 1) A atividade quimiotáxica das sPLA2s é decorrente da ativação da fosfolipase C e formação subseqüente de IP3 e DAG. Neste caso, o emprego de ativadores (PMA) ou inibidores (staurosporina) da proteína quinase C serão utilizados. Os níveis intracelulares de cálcio serão monitorados com o uso do Fura-2-am. 2) A atividade quimiotáxica das sPLA2s é decorrente da ativação intracelular de uma PLA2 citosólica do neutrófilo, com conseqüente mobilização de ácido araquidônico. Neste caso, empregaremos inibidores seletivos de cPLA2 e, se possível, identificaremos o tipo de PLA2 presente no neutrófilo ativado por técnicas de SDS-PAGE. (AU)