Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do treinamento resistido e aeróbio na pressão arterial, na atividade inflamatória e na sensibilidade à insulina em idosos hipertensos

Processo: 10/19540-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de junho de 2011 - 31 de maio de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Nereida Kilza da Costa Lima
Beneficiário:Nereida Kilza da Costa Lima
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Pesq. associados:Eduardo Ferriolli ; Julio Cesar Moriguti ; Leandra Gonçalves Lima
Assunto(s):Geriatria 

Resumo

O processo de envelhecimento promove significativas alterações fisiológicas e patológicas. A compreensão destas alterações torna-se relevante à medida que a população de idosos vem crescendo rapidamente. Em 2050 o número de sexagenários irá ultrapassar o de jovens com menos de 15 anos no mundo. Diante desta realidade, torna-se necessária a promoção do envelhecimento saudável e a melhora da qualidade de vida dos idosos. Dentre as alterações associadas à idade é possível mencionar: o aumento da pressão, diminuição da força e massa muscular esquelética, diminuição do condicionamento físico, que se relaciona com um aumento do sedentarismo e ganho ponderal, aumento da resistência à insulina e aumento crônico de marcadores inflamatórios. Assim, atividades físicas devem ser encorajadas para todos idosos com intuito de prevenir e minimizar as alterações ocasionadas pelo envelhecimento. A combinação do exercício aeróbio e anaeróbio é útil em indivíduos saudáveis. Entretanto, há falta de publicações que avaliem o efeito do treinamento aeróbio (TA) e treinamento aeróbio resistido (TAR), na população idosa hipertensa sob terapia medicamentosa. Com isto, nosso objetivo será estudar o efeito do TA e TAR em idosos hipertensos na pressão arterial, nos níveis séricos de interleucina 6 (IL-6), no fator de necrose tumoral ± (TNF-±), na sensibilidade a insulina, massa magra, percentual de gordura, índice de massa corporal, força muscular, capacidade cardio-respiratória e lipídeos séricos. Serão estudados 36 idosos de ambos os sexos, com idade entre 60 e 75 anos de idade, independentes, sob uso de medicações antihipertensivas (hidroclorotiazida,, inibidores de enzima conversora de angiotensina ou bloqueadores do receptor de angiotensina II, aleatoriamente alocados para 3 grupos: 12 semanas de TA, 12 semanas de TA e TAR e grupo controle, com 12 semanas de atividades mentais em repouso. Os exames laboratoriais serão realizados no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto Os treinamentos ocorrerão na Academia de Ginástica Padovan, na cidade de Ribeirão Preto - SP. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LIMA, LEANDRA G.; BONARDI, JOSE T. M.; CAMPOS, GIULLIARD O.; BERTANI, RODRIGO F.; SCHER, LURIA M. L.; MORIGUTI, JULIO C.; FERRIOLLI, EDUARDO; LIMA, NEREIDA K. C. Combined aerobic and resistance training: are there additional benefits for older hypertensive adults?. Clinics, v. 72, n. 6, p. 363-369, JUN 2017. Citações Web of Science: 6.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.