Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da ação imunomoduladora e antimicrobiana anti-Candida de Lactobacillus casei

Processo: 11/01122-7
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2011 - 30 de junho de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Antonio Olavo Cardoso Jorge
Beneficiário:Antonio Olavo Cardoso Jorge
Instituição Sede: Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Pesquisadores associados: Adeline Lacerda Jorjão ; Juliana Campos Junqueira ; Luciane Dias de Oliveira ; Mariella Vieira Pereira Leão
Bolsa(s) vinculada(s):11/14648-7 - ESTUDO DA AÇÃO IMUNOMODULADORA E ANTIMICROBIANA ANTI-Candida DE Lactobacillus casei, BP.TT
Assunto(s):Microbiologia oral 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Candida | citocinas | Lactobacillus casei | Oxido Nitrico | probiótico | Microbiologia e Imunologia

Resumo

Probióticos são suplementos alimentares constituídos de microrganismos vivos ou componentes de células microbianas que são benéficos à saúde do hospedeiro. Uma vez que o consumo de probióticos parece auxiliar na eliminação de leveduras do gênero Candida e no reestabelecimento do equilíbrio imunológico, o presente trabalho objetiva estudar, in vivo e in vitro, a ação imunomoduladora e antimicrobiana anti-Candida da espécie probiótica Lactobacillus casei. Para isso, suspensões de Candida serão inoculadas na cavidade bucal de camundongos imunossuprimidos experimentalmente para indução de candidose. Os animais serão divididos em quatro grupos: a) com indução de candidose sem consumo de probiótico, b) com indução de candidose com consumo de probiótico a partir de 14 dias antes da inoculação de Candida, c) com indução de candidose com consumo de probiótico durante a inoculação de Candida, d) sem indução de candidose com consumo de probiótico por todo período de experimentação. O desenvolvimento e a recuperação da doença serão investigados histologicamente e por meio da coleta e contagem das leveduras na mucosa bucal. As presenças de células TCD4+, TCD8+ e NKT serão investigadas por imunohistoquímica. Além disso, serão coletadas amostras de soro dos animais para dosagem de óxido nítrico, utilizando reagente de Griess, e INF-gama, TNF-±, IL-1², IL-4, IL-6, IL-10, IL-12 e imunoglobulinas totais, pela técnica ELISA. A ação antimicrobiana anti-Candida de L.casei também será investigada in vitro pelas técnicas: difusão em ágar, inibição do crescimento planctônico, inibição de aderência em células epiteliais e inibição de formação de biofilme. Também será investigada in vitro a capacidade de L.casei induzir a liberação de TNF-±, IL-1², IL-4, IL-6, IL-10, IL-12 e óxido nítrico por macrófagos (RAW 264.7). (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)