Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de catalisadores para a RRO e para a eletrooxidação de álcoois

Processo: 11/06554-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de junho de 2011 - 30 de novembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Físico-química
Pesquisador responsável:Paulo Olivi
Beneficiário:Paulo Olivi
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Pesq. associados:Fabiana Lopes da Silva Purgato ; Thiago Lopes
Assunto(s):Eletroquímica 

Resumo

No presente Projeto de Pesquisa pretende-se estudar dois sistemas eletrocatalíticos para as células a combustível. No primeiro sistema será investigado a possibilidade de obter-se eletrocatalisadores eficientes para a eletrooxidação de metanol e etanol empregando catalisadores que apresentem duas caracterísitcas importantes para estas reações. Serão preparados catalisadores que possam propiciar a adsorção de espécies oxigenadas e promover assim a eletrooxidação dos álcoois em menores sobrepotenciais através do mecanismo bi-funcional e também que, através da formação de ligas metálicas contendo platina, apresentem uma modificação na estrutura eletrônica que possibilite também a dimunuição do sobrepotencial para estas reações modificando a força de interação entre os adsorbatos e a superfície eletrocatalítica. Serão preparados materias eletrocatalíticos compostos por dióxido de estanho disperso sobre carbono de alta área superficial e "decorados" com ligas Pt-Ru. Dois métodos serão utilizados para a obtenção do SnO2 e das ligas, ou seja, a decomposição de precursores poliméricos será empregada para a obtenção do óxido disperso e o método de redução por micro-ondas será utilizado para a deposição das ligas Pt-Ru. O segundo sistema a ser investigado será a RRO empregados materiais isentos de Pt. Serão preparados materias a partir de polímeros condutores, que apresentem nitrogênio na sua estrutura, e metais de transição. Estes mateiais serão caracterizados segundo a sua estrutura e pretende-se investigar a natureza dos sítios ativos para a RRO. Estes materiais serão testados em células unitárias de H2/O2 com o objetivo de se avaliar a sua viabilidade em células a combustível. (AU)