Busca avançada
Ano de início
Entree

Múltiplos mitos de origem, múltiplas terras prometidas: o espaço e o processo de transnacionalização em três comunidades judaicas de São Paulo

Processo: 11/50560-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de junho de 2011 - 31 de maio de 2013
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Antropologia - Antropologia Urbana
Pesquisador responsável:Marta Francisca Topel
Beneficiário:Marta Francisca Topel
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Grupos étnicos  Judeus  Judaísmo  Nacionalização 

Resumo

O objetivo principal da pesquisa proposta é analisar as transformações ocorridas em três comunidades judaicas paulistanas (o Chabad, a CIP e a Sinagoga Mekor Haim) no que diz respeito a suas relações com os respectivos centros de origem, sejam eles históricos, míticos ou uma justaposição de ambos. Dados empíricos revelam que houve um deslocamento dos centros "tradicionais" (Israel, Estados Unidos, Europa Central e Alepo), criando interessantes reconfigurações identitárias. No intuito de compreender as intersecções, superposições e paralelismos entre os diversos espaços (históricos e míticos, passados e atuais, centros e periferias), será fundamental incursionar na dinâmica histórica da segunda metade do século XX. Mais precisamente, na mudança nos centros referenciais das comunidades escolhidas como resultado da desaparição das comunidades judaicas européias e as do Oriente Médio, a criação do Estado de Israel e o novo papel dos Estados Unidos no judaísmo contemporâneo. A proposta é desenvolver uma abordagem antropológica focalizada na contemporaneidade. Entretanto, para melhor compreender o presente serão analisados pontos de inflexão importantes do passado dessas comunidades e suas relações com o espaço. A pesquisa proposta é pioneira uma vez que não existem trabalhos centrados na análise das religiosidades judaicas latino-americanas a partir de uma perspectiva crítica do espaço e de transnacionalidade. Assim sendo, não é possível citar bibliografia para o contexto latino-americano; entretanto, nas páginas a seguir serão citados e discutidos textos que analisam tópicos similares em outros contextos nacionais. (AU)