Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de métodos para preparo de amostras e análise por especiação química de arsênio em amostras biológicas por HPLC-ICP-MS

Resumo

Os metais, tipicamente definidos pelas propriedades físico-químicas dos elementos no estado sólido, podem ser divididos em essenciais e tóxicos. Os elementos essenciais são aqueles necessários ao organismo para manter suas funções fisiológicas normais como Zn, Fe, Co, Mg, Se. Os elementos tóxicos são aqueles que não possuem função no organismo como Cd, Pb, Hg e As. Como exemplo, o As é um composto amplamente distribuído no ambiente sendo considerado pela ATSDR (EUA) o composto mais tóxico ao homem. Ele está ligado a causa de diversas doenças cardíacas, vasculares periféricas, anemia e câncer. As formas inorgânicas, As (III) e As (V), são as mais tóxicas sendo metiladas no organismo a ácido monometilarsônico (MMA) e o ácido dimetilarsínico (DMA), principalmente. Essa metilação não é constante, variando de acordo com idade, sexo, etnia, concentração da dose de exposição, gravidez, estado nutricional e polimorfismo genético, provocando divergências quanto à toxicidade das espécies. No homem, os compostos de As são empregados como medicamentos para tratamento de leucemia, em animais como medicamentos para crescimento e antiparasitários e em praguicidas. A exposição via oral é a mais comum. Países como Japão, EUA , Austrália e a Comunidade Européia estão dirigindo esforços cada vez maiores associados a leis mais restritivas para a importação de alimentos. No exterior, muitos grupos de pesquisa utilizam a HPLC-ICP-MS para especiação de As por ser uma ferramente versátil de alta sensibilidade e seletividade. Vários métodos de extração e quantificação das espécies de As em matrizes como fígado, rins, sangue, soro, urina, cabelo, arroz e maçã foram desenvolvidos. No entanto, muitos destes métodos são laboriosos e além disso, no Brasil, ainda há uma deficiência de laboratórios aptos a realizar a especiação de As em rotina. Neste sentido, este projeto tem como principal objetivo o de desenvolver e validar métodos de extração e quantificação de espécies de As (AS(III), As(V), DMA, MMA e arsenobetaína) em amostras de tecido animal (músculo, fígado e rins) e alimentos (arroz e ovos) com a finalidade de cobrir carências em metodologias para elucidação da toxicidade e quantificação das espécies de As. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BORGES, ENDLER MARCEL; VOLMER, DIETRICH A.; GALLIMBERTI, MATHEUS; DE SOUZA, DEISE FERREIRA; DE SOUZA, EDSON LUIZ; BARBOSA, JR., FERNANDO. Evaluation of macro- and microelement levels for verifying the authenticity of organic eggs by using chemometric techniques. ANALYTICAL METHODS, v. 7, n. 6, p. 2577-2584, 2015. Citações Web of Science: 6.
GROTTO, DENISE; VALENTINI, JULIANA; SERPELONI, JULIANA MARA; PONTE MONTEIRO, PATRICIA ALVES; LATORRACA, ELDER FRANCISCO; DE OLIVEIRA, RICARDO SANTOS; GREGGI ANTUNES, LUSANIA MARIA; GARCIA, SOLANGE CRISTINA; BARBOSA, JR., FERNANDO. Evaluation of toxic effects of a diet containing fish contaminated with methylmercury in rats mimicking the exposure in the Amazon riverside population. Environmental Research, v. 111, n. 8, p. 1074-1082, NOV 2011. Citações Web of Science: 17.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.