Busca avançada
Ano de início
Entree

Emprego de material nanoestruturado sobre Ti na degradação de fármacos

Resumo

Pesquisas recentes têm demonstrado a presença de compostos farmacêuticos ativos (CFA) em solos, sedimentos, águas superficiais e subterrâneas. Estes compostos, mesmo em baixas concentrações, podem causar efeitos deletérios ao homem e ao meio ambiente. Dentre as possíveis fontes de CFA estão os efluentes de indústrias farmacêuticas. Tratamentos biológicos convencionais ou físico-químicos apresentam limitações para este tipo de efluente ou geram lodo, sendo que a pesquisa de novas tecnologias mostra-se salutar. Este trabalho tem como objetivo desenvolver e otimizar um sistema eletroquímico foto-assistido por radiação solar utilizando eletrodos nano-estruturados de TiO2, com e sem dopagem com rutênio, para tratar efluente contendo um antibiótico penicilínico considerado estrógeno ambiental. O sistema será otimizado em termos de confecção do anodo, tempo de tratamento, variação da vazão, intensidade de radiação UV, tempo de exposição, características iniciais do efluente e densidade de corrente elétrica. Através de análises de UV, DBO, DQO, COT, CLAE, toxicidade aguda, pH, condutividade, absorbância e caracterização dos eletrodos nano-estruturados estudar-se-á a utilização do sistema como método alternativo e/ou complementar aos processos normalmente utilizados para tratar este tipo de efluente. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)