Busca avançada
Ano de início
Entree

Projeto de cooperação científico-tecnológico argentino-brasileiro: projeto eficiente de áreas verdes em meios urbanos; avaliação de propostas voltadas à consecução da sustentabilidade

Processo: 10/52449-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa de Pesquisa sobre Mudanças Climáticas Globais - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2011 - 31 de julho de 2013
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Tecnologia de Arquitetura e Urbanismo
Convênio/Acordo: CONICET
Pesquisador responsável:Lucila Chebel Labaki
Beneficiário:Lucila Chebel Labaki
Pesq. responsável no exterior: Erica Norma Correa Cantaloube
Instituição no exterior: Centro Científico Tecnológico, Mendoza (CCT), Argentina
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo (FEC). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:09/06196-9 - Túnel de vento de camada limite atmosférica: calibração e ensaios de aberturas em edificações utilizando modelos reduzidos, AP.R
Assunto(s):Áreas verdes  Vegetação  Conforto térmico  Ventilação (conforto ambiental)  Zona urbana 

Resumo

Esse projeto de cooperação tem como escopo um trabalho interdisciplinar entre pesquisadores do grupo de pesquisa "Conforto térmico no ambiente construído: avaliação de desempenho e eficiência energética", liderado pela proponente e vinculado ao LACAF, e, na contraparte argentina, especialistas em Ciências do habitat, pertencentes ao Laboratorío de Ambiente Humano y Vivienda, (LAHV - INCIHUSA - CONICET) e em Ecologia Vegetal y Silvicultura pertencentes ao Instituto Argentino de Investigaciones de las Zonas Aridas (IADIZA - CONICET). Abordará o estudo dos diferentes modelos urbanos, sob o ponto de vista das diferentes realidades climáticas, ambientais e culturais regiões de Campinas e Mendoza. Tem como objetivo geral trazer contribuições conceituais e instrumentais para o estudo do impacto do desenho dos espaços abertos arborizados nos meios urbanos em clima subtropical de altitude (Campinas) e climas áridos (Mendoza), almejando alcançar a médio e longo prazo a sustentabilidade ambiental dos assentamentos urbanos das duas regiões. (AU)