Busca avançada
Ano de início
Entree

Aspectos moleculares da junção neuromuscular sob o efeito de venenos e toxinas botrópicas com ação pré-sináptica

Processo: 11/00001-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2011 - 31 de dezembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Biofísica - Biofísica Celular
Pesquisador responsável:Thalita Rocha
Beneficiário:Thalita Rocha
Instituição-sede: Universidade São Francisco (USF). Campus Bragança Paulista. Bragança Paulista , SP, Brasil
Assunto(s):Farmacologia  Imuno-histoquímica  Histologia  Junção neuromuscular  Venenos de serpentes  Bothrops  Miografia  Western blotting  Microscopia eletrônica de transmissão 

Resumo

Os Viperídeos no Brasil são os responsáveis pela maioria dos casos de envenenamento por serpente, sendo 87,5% dos acidentes botrópicos. Sabe-se que os venenos de serpentes do gênero Bothrops, entre elas: "jararaca", "jararacuçu", "urutu-cruzeiro", "cotiara", "jararaca-do-rabo-branco", "malha-de-sapo", "patrona", "surucucurana", "combóia", "caiçara", bem como a maioria de suas frações (miotoxinas), até então caracterizadas, tem ação miotóxicas. Porém alguns destes venenos e suas frações atuam sobre a junção neuromuscular, em sua porção pré-sináptica através de mecanismos(s) ainda não elucidado(s). Desta forma o presente trabalho visa esclarecer a ação molecular de alguns destes compostos (veneno bruto de Bothrops insularis, Bothrops marajoensis, Bothrops alternatus, Bothrops neuwiedi, Bothriopsis bilineata, toxina Bmaj-9 do veneno de B. marajoensi, BaTX do veneno de B. alternatu, NeuTX-I e NeuTX-II do veneno de B. neuwiedi, BthTX-I do veneno de Bothrops jararacussu) sobre a junção neuromuscular e o mecanismo de ação destes venenos e toxinas botrópicas, na tentativa de descobrir se estes atuam de alguma forma no arranjo das vesículas sinápticas, ou ainda nos mecanismos de exocitose e reciclagem do neurotransmissor. A realização das técnicas propostas permitirá a caracterização ultraestrutural, utilizando microscopia eletrônica de transmissão, da junção neuromuscular de ave (preparações biventer cervicis de pintainho) e mamífero (preparação nervo frênico diafragma de camundongo), a averiguação da ação de diferentes venenos e toxinas botrópicas, as quais já foram descritas na literatura como tendo ação pré-sináptica, sobre a junção neuromuscular e a identificação, por imunohistoquímica e western blotting, da presença ou ausência das proteínas relacionadas à junção neuromuscular, especificamente a proteína sinaptofisina, presente na vesícula sináptica, e as proteínas VAMP-1, sintaxina e SNAP-25, constituintes do complexo SNARE presentes na membrana pré-sináptica da junção neuromuscular, viabilizando relacionar os achados de microscopia eletrônica, imunohistoquímica e western blotting aos dados miográficos novamente obtidos com os já mencionados na literatura para uma precisa caracterização dos venenos e toxinas como compostos de ação pré-sináptica. A caracterização das proteínas presentes na vesícula sináptica e na membrana pré-sináptica do motoneurônio é uma importante ferramenta para auxiliar na compreensão do mecanismo de ação molecular de neurotoxinas pré-sinápticas, como algumas fosfolipases A2. O projeto, de característica multidisciplinar, permitirá aos envolvidos a aquisição de conhecimentos na área de Biologia Celular e Molecular, Bioquímica, Fisiologia e Farmacologia. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MELARE, RODOLFO; FLORIANO, RAFAEL STUANI; GRACIA, MARTA; RODRIGUES-SIMIONI, LEA; DA CRUZ-HOFLING, MARIA ALICE; ROCHA, THALITA. Ultrastructural aspects of mouse nerve-muscle preparation exposed to Bothrops jararacussu and Bothrops bilineatus venoms and their toxins BthTX-I and Bbil-TX: Unknown myotoxic effects. MICROSCOPY RESEARCH AND TECHNIQUE, v. 79, n. 11, p. 1082-1089, NOV 2016. Citações Web of Science: 2.
LISBOA, ANTONIO; MELARE, RODOLFO; FRANCO, JUNIA R. B.; BIS, CAROLINA V.; GRACIA, MARTA; PONCE-SOTO, LUIS A.; MARANGONI, SERGIO; RODRIGUES-SIMIONI, LEA; DA CRUZ-HOFLING, MARIA ALICE; ROCHA, THALITA. Presynaptic Proteins as Markers of the Neurotoxic Activity of BmjeTX-I and BmjeTX-II Toxins from Bothrops marajoensis (Marajo Lancehead) Snake Venom. BIOCHEMISTRY RESEARCH INTERNATIONAL, 2016. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.