Busca avançada
Ano de início
Entree

Eficácia do teste sorológico ELISA com utilização de antígeno recombinante Hsp83 de Leishmania infantum para diagnóstico de leishmaniose em pacientes infectados com HIV

Processo: 11/02235-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2011 - 30 de junho de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Aplicada
Pesquisador responsável:Hiro Goto
Beneficiário:Hiro Goto
Instituição-sede: Instituto de Medicina Tropical de São Paulo (IMT). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:José Angelo Lauletta Lindoso ; Maria Carmen Arroyo Sanchez
Bolsa(s) vinculada(s):12/10172-0 - Eficácia do teste sorológico ELISA com utilização de antígeno recombinante Hsp83 de Leishmania infantum para diagnóstico de leishmaniose em pacientes infectados com HIV, BP.TT
Assunto(s):Sorologia 

Resumo

Presenciamos grande contingente de portadores de HIV e grande expansão de leishmaniose tegumentar e visceral no Brasil, particularmente no Estado de São Paulo. Observamos anteriormente que ocorre subdiagnóstico de leishmaniose nos portadores de HIV que em parte deve-se a sua apresentação clínica não usual. Há também desconhecimento no nosso meio do valor diagnóstico dos testes sorológicos que podem ser ineficazes diante da imunossupressão ou, por outro lado, ser falso-positivos, se reativos, pela presença frequente de diferentes infecções oportunistas nesses pacientes. Temos estudado teste sorológico "enzyme-liked immunosorbent assay" (ELISA) com antígeno recombinante Hsp83 de L. infantum que mostrou ser eficaz no diagnóstico de leishmaniose tegumentar humana e também da leishmaniose visceral canina, com parâmetros de sensibilidade e especificidade superiores aos testes utilizados atualmente. Neste estudo, propomos avaliar a eficácia do teste ELISA com antígeno rHsp83 no diagnóstico de leishmanioses nos pacientes infectados com HIV. Este teste não é espécie-específico, mas, nesta coinfecção, como o quadro clínico pode não coadunar com a espécie do parasito envolvida, este teste é mais adequado nessa condição. Comprovada a utilidade deste método para o diagnóstico, sua utilização nos casos suspeitos de leishmaniose contribuiria inegavelmente no estabelecimento do diagnóstico de forma precoce e trazer segurança no tratamento específico. Este projeto visa os pacientes com coinfecção HIV/Leishmania, mas, quando padronziado, este teste tem um potencial de aplicação no diagnóstico de leishmanioses em geral, em substituição aos ensaios realizados de rotina com a utilização do parasito total ou seu lisado. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CELESTE, BEATRIZ JULIETA; ARROYO SANCHEZ, MARIA CARMEN; RAMOS-SANCHEZ, EDUARDO MILTON; CASTRO, LUIZ GUILHERME M.; LIMA COSTA, FRANCISCO ASSIS; GOTO, HIRO. Recombinant Leishmania infantum Heat Shock Protein 83 for the Serodiagnosis of Cutaneous, Mucosal, and Visceral Leishmaniases. American Journal of Tropical Medicine and Hygiene, v. 90, n. 5, p. 860-865, MAY 2014. Citações Web of Science: 13.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.