Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo genético molecular em indivíduos com alterações de linha média com hipotelorismo: holoprosencefalia como modelo

Processo: 11/07012-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2011 - 30 de junho de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Humana e Médica
Pesquisador responsável:Lucilene Arilho Ribeiro Bicudo
Beneficiário:Lucilene Arilho Ribeiro Bicudo
Instituição-sede: Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Pesq. associados:Antonio Richieri da Costa
Assunto(s):Genética molecular  Anormalidades craniofaciais  Holoprosencefalia  Fatores de transcrição  Análise de sequência de DNA  Reação em cadeia da polimerase multiplex  Loci gênicos 

Resumo

Pela sua própria estrutura, a formação do complexo craniofacial é um processo que requer considerável organização. A cabeça do vertebrado é constituída de estruturas cuja formação tem início precoce no desenvolvimento. O ponto central no desenvolvimento da cabeça é o conceito de segmentação, que se manifesta no rombencéfalo e nos arcos branquiais. Em conjunto com a migração das células da crista neural, esses sistemas dão origem a grande parte da cabeça e pescoço e seus compartimentos associados e individualizados. Está se tornado claro que o controle molecular da morfogênese embriológica reside no nível do gene, em particular dentro de famílias de genes que codificam fatores de transcrição capazes de regular a transcrição gênica. Como esses genes envolvidos produzem estruturas complexas, regionalizadas que formam os blocos construtores do desenvolvimento da cabeça e pescoço? É esclarecedor considerar esses genes envolvidos na embriogênese como codificadores de um conjunto de instruções ou regras para a montagem das peças. Anomalias craniofaciais são características comuns nas dismorfologias humanas sugerindo que genes importantes no desenvolvimento da face também desempenham um papel importante em outras estruturas embrionárias. Baseando-se em resultados anteriores e com o intuito de contribuir para maiores esclarecimentos a respeito dos mecanismos moleculares envolvidos nas anomalias craniofaciais de linha média, nossa proposta é analisar, nas Holoprosencefalias, os genes GAS1, SHH, ZIC2, SIX3, PTCH e TGIF pelas técnicas de sequenciamento e MLPA, e investigar novos loci candidatos através da arrayCGH. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GAMBA, BRUNO FAULIN; RICHIERI-COSTA, ANTONIO; COSTA, SILVIA; ROSENBERG, CARLA; RIBEIRO-BICUDO, LUCILENE ARILHO. Chromothripsis with at least 12 breaks at 1p36.33-p35.3 in a boy with multiple congenital anomalies. Molecular Genetics and Genomics, v. 290, n. 6, p. 2213-2216, DEC 2015. Citações Web of Science: 8.
GAMBA, BRUNO F.; ROSENBERG, CARLA; COSTA, SILVIA; RICHIERI-COSTA, ANTONIO; RIBEIRO-BICUDO, LUCILENE A. Cleft Lip/Palate, Short Stature, and Developmental Delay in a Boy with a 5.6-Mb Interstitial Deletion Involving 10p15.3p14. MOLECULAR SYNDROMOLOGY, v. 6, n. 1, p. 39-43, 2015. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.