Busca avançada
Ano de início
Entree

Mecanismos envolvidos no recrutamento de eosinófilos e sua participação no desenvolvimento da hiper-reatividade brônquica

Processo: 95/09691-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência: 01 de junho de 1997 - 31 de agosto de 2001
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Helmintologia de Parasitos
Pesquisador responsável:Lúcia Helena Faccioli
Beneficiário:Lúcia Helena Faccioli
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Auxílios(s) vinculado(s):99/02543-2 - Reação inflamatória induzida pelo veneno de Polybia paulista, AR.EXT
97/06697-9 - Eosinophil migration induced by Histoplasma capsulatum and cell wall fraction thereof, AR.EXT
Bolsa(s) vinculada(s):00/10082-4 - Estudos sobre os mecanismos envolvidos na eosinofilia e no desenvolvimento da hiper-reatividade brônquicas nas parasitoses micoses e viroses, BP.TT
00/01079-0 - Avaliação da depleção de granulócitos na histoplasmose experimental murina, BP.DR
99/05835-4 - Estudo sobre o mecanismo de migração de eosi nofilos para a cavidade peritoneal e árvore brônquica em camundongos infestados por Toxocara canis, BP.MS
+ mais bolsas vinculadas 98/16082-4 - Estudo dos mediadores inflamatórios e moléculas de adesão nas rações inflamatórias aguda e crônica da histoplasmose pulmonar, BP.DR
99/00996-0 - Reação inflamatória induzida pelo veneno de Polybia paulista, BP.IC
98/10642-8 - Estudo sobre os mecanismos envolvidos na eosinofilia e no desenvolvimento de hiper-reatividade brônquicas nas parasitoses, micoses e viroses, BP.TT - menos bolsas vinculadas
Assunto(s):Leucócitos  Granulócitos  Doenças parasitárias 
Publicação FAPESP:http://media.fapesp.br/bv/uploads/pdfs/Investindo...pesquisadores_598_390_390.pdf

Resumo

Eosinófilos são granulócitos que estão aumentados em algumas parasitoses, micoses e viroses. Muito pouco se conhece a respeito dos mediadores e citocinas que participam do recrutamento dos eosinófilos nestas doenças. Estas células se locomovem em resposta aos diferentes estímulos como L TB4, C5a, PAF, IL-8. No entanto, até o presente o papel biológico dos diferentes mediadores, in vivo, ainda é controverso. Frequentemente a migração dos eosinófilos para os tecidos ocorre independentemente de outros leucócitos, sugerindo a existência de um mecanismo específico. Além da liberação de mediadores eosinofiláticos, outro possível mecanismo que pode estar envolvido é a expressão seletiva, nos eosinófilos, de moléculas de adesão, como a VLA-4. A associação entre eosinofilia e infestação por helmintos é há muito conhecida. Algumas observações, como maior incidência de asma brônquica em áreas de parasitoses endêmicas e melhora de alguns quadros asmáticos após tratamento com anti-helmínticos, sugerem uma pré-disposição de indivíduos parasitados a desenvolverem asma. Asma brônquica e eosinofilia também estão presentes em outros processos inflamatórios como algumas micoses e viroses, que acometem as vias aéreas superiores. Também nestas doenças, pouco se conhece sobre a os mecanismos envolvidos na eosinofilia, e a participação dos eosinófilos na gênese da hiper-reatividade brônquica. Alguns pesquisadores demonstraram a ocorrência de bronquite eosinofílica crônica sem hiper-reatividade brônquica e, outros, hiper-reatividade sem a presença de eosinófilos. Embora outros fatores possam ser relevantes, a intensidade de ativação dos eosinófilos presentes nas vias aéreas, parece ser de grande importância para a hiper-reatividade brônquica. Neste caso, os eosinófilos ativados estariam liberando o conteúdo de seus grânulos citoplasmáticos, os quais lesariam as células da árvore brônquica, possibilitando a exposição de estruturas da mucosa e de terminações nervosas locais, favorecendo a hiper-reatividade. Outro aspecto importante a ser esclarecido é a origem celular dos diferentes fatores quimiotáticos para os eosinófilos. Entre outras células, sabe-se que os macrófagos, principalmente as alveolares, liberam fatores quimiotáticos, que podem estar envolvidos no recrutamento de eosinófilos nas reações inflamatórias pulmonares. Assim, para maior compreensão dos mecanismos envolvidos na eosinofilia, e o papel dos eosinófilos na hiper-reatividade brônquica, é de fundamental importância o conhecimento dos mediadores e citocinas que participam do recrutamento dos eosinófilos, as células liberadoras destas substâncias, as moléculas de adesão que participam da migração destas células. Assim, além da consolidação de nosso grupo de pesquisa sobre eosinófilos, temos como objetivos no presente projeto, estudar os mecanismos envolvidos na eosinofilia induzida por parasitas, fungos e vírus, e analisar os mecanismos envolvidos no desenvolvimento da hiper-reatividade brônquica. (AU)

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SÁ-NUNES, A.; MEDEIROS, A. I.; JAMUR, M. C.; OLIVER, C.; DIAS-BARUFFI, M.; FACCIOLI, L. H.; BOLZONI, R. M. F. Ultrasonically nebulized distilled water prevents exogenous histamine hyperreactivity in Toxocara canis-infected mice. Inflammation Research, v. 54, n. 6, p. 243-248, jun. 2005.
SÁ-NUNES, ANDERSON; MEDEIROS, ALEXANDRA I.; NICOLETE, ROBERTO; FRANTZ, FABIANI GAI; PANUNTO-CASTELO, ADEMILSON; SILVA, CÉLIO L.; FACCIOLI, LÚCIA HELENA. Efficacy of cell-free antigens in evaluating cell immunity and inducing protection in a murine model of histoplasmosis. Microbes and Infection, v. 7, n. 4, p. 584-592, Apr. 2005.
MEDEIROS, ALEXANDRA I.; SÁ-NUNES, ANDERSON; SOARES, EDSON G.; PERES, CAMILA M.; SILVA, CÉLIO L.; FACCIOLI, LÚCIA H. Blockade of endogenous leukotrienes exacerbates pulmonary histoplasmosis. Infection and Immunity, v. 72, n. 3, p. 1637-1644, Mar. 2004.
SÁ-NUNES, A.; MEDEIROS, A. I.; FACCIOLI, L. H. Interleukin-5 mediates peritoneal eosinophilia induced by the F1 cell wall fraction of Histoplasma capsulatum. Brazilian Journal of Medical and Biological Research, v. 37, n. 3, p. 343-346, Mar. 2004.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.