Busca avançada
Ano de início
Entree

Espectroscópio para ensino

Processo: 02/07874-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de julho de 2003 - 30 de junho de 2006
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física Geral
Pesquisador responsável:Yoshikazo Ernesto Nagai
Beneficiário:Yoshikazo Ernesto Nagai
Empresa:Optron Micromecânica Óptica Ltda. - ME
Município: Campinas
Bolsa(s) vinculada(s):05/58958-9 - Espectroscópio para ensino, BP.TT
05/57355-9 - Espectroscópio para ensino, BP.TT
04/13140-6 - Espectroscópio para ensino, BP.TT
Assunto(s):Espectroscopia 

Resumo

Os experimentos que mostram os espectros de emissão atômica fazem parte importante de um conjunto que constitui os fundamentos experimentais da mecânica quântica. Esses espectros são facilmente observados em um espectroscópio, instrumento relativamente simples formado por uma lâmpada do elemento cujo espectro se deseja observar e um colimador óptico para coletar a luz da lâmpada que atravessa uma fenda estreita, direcionando-a para um prisma óptico, cuja função é separar espacialmente as várias linhas discretas de diferentes cores emitidas pelos átomos da lâmpada. Essas linhas coloridas são observadas por meio de uma luneta presa em um braço móvel de um goniômetro, permitindo a medida do ângulo de desvio de cada linha. O presente projeto visa fabricar o espectroscópio completo, um conjunto de lâmpadas espectroscópicas de baixa pressão (hidrogênio, hélio, argônio, mercúrio e sódio) e suas fontes eletrônicas de excitação, o goniômetro acoplado ao sistema óptico de coleta, separação e análise da luz emitida, e o registro do espectro de várias maneiras (visual-manual, fotográfico e via microcomputador, entre outras). A proposta da fase 2 do projeto consiste em pesquisar e desenvolver uma lâmpada de hidrogênio com o objetivo de atingir vida média mínima de seis meses, tendo em vista a conhecida dificuldade de manter a sua intensidade luminosa por muito tempo. Para o registro quantitativo do espectro, ao espectroscópio construído na fase 1, serão acrescentados micromotor e detetor de luz para que as linhas luminosas do espectro possam ser convertidas em sinais elétricos passíveis de serem processados eletronicamente. (AU)