Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo de propriedades magnéticas de novos materiais por difração magnética de raios-X

Processo: 96/05586-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência: 01 de janeiro de 1997 - 31 de março de 2002
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:Carlos Manuel Giles Antunez de Mayolo
Beneficiário:Carlos Manuel Giles Antunez de Mayolo
Instituição-sede: Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS). Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM). Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Brasil). Campinas , SP, Brasil
Auxílios(s) vinculado(s):99/03613-4 - Comissioning of a x ray magnetic scattering beamline at LNLS, AR.EXT
99/02533-7 - Luiz Carlos Sampaio lima | centro brasileiro pesquisas fisicas/cnpq - Brasil, AV.BR
Assunto(s):Materiais magnéticos  Difração por raios X  Magnetismo  Radiação síncrotron  Polarização 
Publicação FAPESP:http://media.fapesp.br/bv/uploads/pdfs/Investindo...pesquisadores_264_201_201.pdf

Resumo

Pretende-se construir uma estação experimental no Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS) dedicada ao estudo do magnetismo microscópico utilizando-se a difração magnética de raios x e o dicroísmo linear e circular magnético de raios x (XMLD e XMCD). Estas técnicas inéditas no Brasil permitem a determinação das contribuições orbital e de spin das densidades de momento magnético atômico específico ao elemento químico. Elas são de grande interesse para, por exemplo, as terras raras e metais de transição quando estes se encontram em ligas ou em estruturas magnéticas tipo multicamadas magnéticas ou filmes finos. O uso da luz síncrotron é imprescindível para estas técnicas que requerem altas brilhâncias e taxa de polarização do feixe de raios x. Lâminas quarto de onda para os raios x serão utilizadas para a transformação da polarização linear em polarização circular. Estes dispositivos associados à analisadores de polarização permitirão o desenvolvimento de novas técnicas nesta área de pesquisa. (AU)